Olá,

Visitante

Gestar saudável – de 0 a 1000 dias

A Educação em Saúde constitui-se em uma ferramenta de suma importância para o cuidado no ciclo gravídico-puerperal com vistas a promover a construção e compartilhamento de saberes potencializadores de autonomia e emancipação do cuidado de si e entorno. A gravidez é uma condição que envolve muitos mitos, dúvidas, crenças e expectativas, que podem estar diretamente relacionados ao contexto familiar e social. As informações, experiências e conhecimentos transmitidos por amigas, vizinhas, mãe e marido podem influenciar tanto positiva como negativamente no período gestacional.
A realização da assistência pré-natal já é uma das práticas desenvolvidas pelo modelo de atenção primária com base no respaldo evidente sobre a relação direta entre a assistência pré-natal adequada e o nascimento do recém-nascido saudável. Porém, além do acompanhamento bem orientado dos 270 dias de gestação, sabe-se que os primeiros 1000 dias de vida do bebê após o nascimento simboliza a principal janela de oportunidades para uma infância com aprendizagens que geram impactos positivos que se estendem por décadas.
Possibilitar o intercâmbio de experiências e conhecimentos para promover a compreensão do processo de gestação e cuidados com a saúde desde o pré-natal e amamentação até a formação de hábitos da introdução alimentar aos dois primeiros anos de vida do bebê.

Os primeiros 1000 dias de vida do bebê representam um conceito atual, elaborado com base em pesquisas realizadas no mundo que geram programas de saúde importantes para a promoção da saúde das gestantes, do aleitamento materno e de uma alimentação equilibrada desde o início da vida do recém-nascido.
Com base nisso, foi criado no Município de Gurjão-PB, o grupo de gestantes nomeado “Gestar Saudável-de 0 a 1000” formado por mulheres na fase gestacional visando abordar, através de ludicidade e outras práticas educativas, as recomendações voltadas ao cuidados com a alimentação e estilo de vida saudável não só das mães, mas também sobre as intervenções essenciais para que o bebê de até dois anos de idade possa aprender sobre estilo de vida saudável gerando efeitos de curto, médio e longo prazo para a vida toda.

Pode-se observar que o trabalho de intervenção com grupo atingiu resultados expressivos, onde evidenciaram o desenvolvimento da comunicação, trocas de saberes e despertares para uma nova visão de cuidados que não se limitaram apenas ao acompanhamento e compreensão da fase gestacional, mas sim na amamentação, introdução alimentar e orientações sobre a formação de valores saudáveis até os dois anos de vida do bebê.
A cada encontro percebeu-se a maior percepção da importância do acompanhamento durante todo o processo gestacional e que, cada mulher inserida em um contexto cultural individual, pode trazer e debater seus conhecimentos acerca da gestação transmitidas pela família, através das experiências anteriores, através das irmãs, mães, tias e avós. Tais conhecimentos muitas vezes foram lançados ao grupo como forma de dúvida ou indagação, sempre discutidos e fomentados pelos profissionais com os conhecimentos científicos considerando e respeitando as experiências relatadas.
A forma de condução do grupos através de aplicação de oficinas e práticas lúdicas colaboram com a participação efetiva das gestantes no grupo. Os momentos vividos possibilitaram conhecer, compreender e identificar a transformação da realidade. Esse processo se deu mediante a construção coletiva através do diálogo, para identificar, aprender, criar, compartilhar e refletir sobre as potencialidades e limitações referentes à saúde integral individual e coletiva das gestantes.
Além disso, a atuação interdisciplinar da equipe traz a oportunidade de viver a integralidade do cuidado do indivíduo e especializa ainda mais a assistência para as gestantes.

É evidente a importância da formação de grupos que possibilitem a atuação de apoio eficiente e acolhimento integral em uma fase tão importante na vida da mulher. Recomenda-se a atuação bem sucedida do grupo para complementar o atendimento realizado nas consultas individuais e melhorar a aderência das gestantes aos hábitos mais adequados durante e após a gestação. Além disso, o grupo adiciona conhecimentos sobre os cuidados com alimentação e estilo de vida saudável não só para a gestante, mas também para o bebê, contribuindo fortemente com a formação de valores saudáveis na fase adulta. O grupo Gestar saudável proporcionou momentos de ampla aprendizagem a todos os envolvidos, reafirmando a ideia de que as ações de promoção da saúde devem ser eminentemente participativas e transformadoras. Assim, atuar em promoção de saúde significa abrir um leque de possibilidades de intervenção, enfocando a saúde como qualidade de vida.

Principal

Bruna Moura da Silva

bruna.moura.enf@gmail.com

Coordenadora APS

Coautores

Iara Samara de Lima, Lara Marques da Costa Oliveira, Gabricia Mayara Batista Medeiros, Sávio da Costa Araújo, Igor Rodolfo Farias Moreira, Carla Carolinne Torquato Machado, Anna Gabriela Dantas Farias, Geovania Oliveira de Souza, Layse Martins Nascimento

A prática foi aplicada em

Gurjão

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Bruna Moura

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

05 maio 2024

e atualizada em

05 maio 2024

Início da Execução

18/03/2022

Fim da Execução

15/06/2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba
Práticas
Estratégias de imunização em município do interior da Paraíba resulta em 1º lugar no estado durante campanha de influenza 2024 : relato de experiência
Paraíba