Olá,

Visitante

Fortalecimento das Ações de Vigilância no Controle da Malária em Integração com a Atenção Básica.

Reduzir o número de casos de malária, promovendo educação continuada aos profissionais de saúde da Estratégia Saúde da Família, integrando efetivamente nas ações de controle da malária, e emponderando os profissionais da Atenção Básica na temática. METODOLOGIA: Foram realizadas estratégias para alcançar eficácia das ações nas equipes da ESF, como: treinamentos, fórum e capacitações com temas voltados para vigilância, busca ativa, controle vetorial e atribuições de cada profissional no controle da malária. Posteriormente, foi trabalhado por categoria profissional e finalmente por equipe. Inicialmente, foi priorizando a detecção precoce dos casos de malária com orientações ao paciente para procurar a unidade de saúde mais próxima para o diagnóstico ou acionar os Agentes de Controle de Endemias, em casos de populações descoberta pela Estratégia Saúde da Família, e por fim o acompanhamento do tratamento supervisionado do paciente com malária.

No período de 2015 a 2016, o município apresentou aumento de casos de malária, caracterizado áreas de “invasões”, total de 1.064 casos em 2016. Neste ano o Programa Nacional de Controle da Malária, viabilizou um apoiador do Projeto no Controle da Malária, contribuindo nesse combate. Apresentaram estratégias para redução de casos, Integração da Atenção Básica e ações no controle da malária.

A presença do apoio técnico do PNCM contribuiu com a gestão local para direcionar ações de controle da malária após período crítico de surtos, permitindo a redução expressiva de casos e da incidência da doença no município. Ações de controle da malária no município, voltadas para o fortalecimento frente à Atenção Básica e à Vigilância em Saúde, foram fundamentais para a continuidade dos resultados obtidos na redução do número de casos da doença.

Principal

Eliandra Castro de Oliveira, Marleide Carvalho Borges Roberto Tetsuro Nakaoka Thiene Lemos Coelho

eliandracastro05@gmail.com

A prática foi aplicada em

Porto Velho

Rondônia

Norte

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus / Conasems

Conta vinculada

emanoel.filho@fiocruz.br

03 fev 2020

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Trabalho intersetorial no combate a dengue no município de Volta Redonda (RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação extramuro: estratégia de ampliação de cobertura vacinal contra covid 19 no município de Volta Redonda(RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Projeto saúde do trabalhador rural: integração intersetorial e avaliação da situação de saúde de trabalhadores
Rio de Janeiro
Práticas
Adesão à plataforma Salus 2.0 como ferramenta para monitoramento dos casos e qualificação da assistência prestada ao usuários com sífilis no município de Rio das Ostras
Rio de Janeiro
Práticas
O Sarampo “Navegou” Pelo Rio Madeira e “Parou” em Porto Velho: Relatando A Experiência da Vigilância em Saúde do Município
Rondônia
Práticas
Enfrentamento do Surto de Sarampo no Município de Boa Vista: uma Experiência que Demonstrou o Quanto É Possível A Integração Entre Atenção Básica e Vigilância em Saúde
Roraima
Práticas
Cuidando de Quem Cuida: Um olhar Terapêutico Aos Profissionais de Saúde na Pandemia de Covid-19.
Paraíba
Práticas
Expresso Chagas 21
Práticas
Qualificação do Sistema de Informação Sobre Mortalidade (Sim) – uma Questão de Estratégia
Pará