Olá,

Visitante

Fortalecimento da Equipe Multiprofissional Após Novo Financiamento da Atenção Básica

APRESENTAÇÃO Criado em 2008 e reformulado em 2017 o NASF-AB constitui um importante espaço de trabalho profissional e que contribui para o fortalecimento da atenção básica em saúde, pois amplia as ofertas de saúde na rede de serviços, assim como a resolutividade, a abrangência e o alvo das ações e tinha na sua composição uma equipe formada por diferentes profissionais da saúde.O novo modelo de financiamento e custeio da Atenção Primária à Saúde no âmbito do SUS, através da portaria n° 2.979, de 12/11/2019 cria o Programa Previne Brasil e gera uma fragilização do Núcleo de Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB). Nesse novo modelo de financiamento, verificou-se a ausência de medidas de valorização e estímulo à implantação dos referidos núcleos nos municípios.Seguindo contrário ao Ministério da Saúde e mesmo com a ausência de incentivo às equipes multiprofissionais, a gestão do município de Santa Cruz – PB tendo autonomia na aplicação dos recursos da atenção primária, manteve a equipe multiprofissional no formato mais apropriado às necessidades locais que atualmente conta com: assistente social, psicóloga e nutricionista. A equipe continua na perspectiva do NASF-AB no sentido de atuar de forma integrada com as equipes de Saúde da Família e de Atenção Básica na realização de ações educativas, discussões de casos e construção conjunta de projetos, matriciamento e propostas de trabalho, com o objetivo de ampliar e fortalecer as ações de prevenção e promoção da saúde. METODOLOGIA Trata-se de um relato de experiência sobre as vivências da equipe multiprofissional que está inserida na atenção primária de saúde do município de Santa Cruz -PB. O município de Santa Cruz conta com 03 (três) Equipes de Saúde da Família – ESF, sendo: ESF Sede equipe I, Casinha do Homem equipe II e São Pedro equipe III. As equipes da ESF II e III estão localizadas nos distritos e cobrem toda zona rural.A equipe multiprofissional com o apoio da coordenação de atenção básica montou as atividades e ações de sua responsabilidade, estabelecendo um matriciamento em cada ESF, após realizado, ficou acordado que nas segundas e terças feiras da semana a equipe esteja in loco disponível nas equipe da ESF II e III, respectivamente e nos demais dias da semana na ESF da sede, realizando visitas domiciliares, atendimentos, construção de PTS e ações educativas, seguindo o modelo proposto pelo NASF-AB. As atividades acontecem de forma conjunta com os profissionais das ESF em casos de atendimento individual é realizada uma escuta inicial e, caso necessário, encaminhados à média e alta complexidade, seguindo as redes de acordo com as pactuações definidas. A equipe multiprofissional atualmente é responsável também por promover educação em saúde nas ESF, como as salas de espera, encontros de idosos e gestantes, trazendo para o momento os temas mais atuais ou sugeridos pelos próprios usuários e identificados.RESULTADOSOs aspectos positivos com a equipe multiprofissional seguindo o modelo (NASF-AB) dentro dos espaços da atenção primária, refere-se principalmente nas discussões sobre os processos de trabalho com uma visão integral e multidisciplinar aos usuários. Como orientado e preconizado pela Atenção Primária foi realizado o matriciamento junto às 03 ESF, analisando a realidade local junto com os indicadores de saúde de cada equipe, sendo a vulnerabilidade social diferente em cada, refletindo nas ações e metas. Portanto, foi proposto um calendário semanal com as seguintes atividades: visitas domiciliares, formação de grupos, salas de espera, ambulatório e formação pedagógica. Para isso, utiliza-se a educação permanente em saúde e a educação popular como ferramenta de reflexão e problematização, estimulando o diálogo entre os usuários e profissionais de saúde, na partilha de estratégias e/ou ações exitosas no processo saúde-doença. Além de fortalecer as necessidades locais

Objetivo geral: Descrever e fortalecer a equipe multiprofissional da atenção primária do município de Santa Cruz-PBObjetivo específicos: Descrever a atuação da equipe multiprofissional dentro das ESF

A experiência proporcionará o fortalecimento da equipe multiprofissional frente o novo financiamento da atenção primária.O novo modelo de financiamento e custeio da Atenção Primária à Saúde no âmbito do SUS, através da portaria n° 2.979, de 12/11/2019 cria o Programa Previne Brasil e gera uma fragilização do Núcleo de Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB). Nesse novo modelo de financiamento, verificou-se a ausência de medidas de valorização e estímulo à implantação dos referidos núcleos nos municípios.Seguindo contrário ao Ministério da Saúde e mesmo com a ausência de incentivo às equipes multiprofissionais, a gestão dos municipios têm autonomia na aplicação dos recursos da atenção primária, para manter a equipe multiprofissional no formato mais apropriado às necessidades locais.

Principal

Joane Silva de Queiroga

joanequeiroga@gmail.com

A prática foi aplicada em

Paraíba

Nordeste

Instituição

Santa Cruz

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Joane Silva de Queiroga

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba
Práticas
Estratégias de imunização em município do interior da Paraíba resulta em 1º lugar no estado durante campanha de influenza 2024 : relato de experiência
Paraíba