Olá,

Visitante

Estratégias Utilizadas para Melhoria da Cobertura Vacinal no Município de Ferreiros – Pe

Categoria não especificada

O Programa Nacional de Imunizações do Brasil tem avançado ano a ano para proporcionar melhor qualidade de vida à população com a prevenção de doenças. Tal como ocorre nos países desenvolvidos, o Calendário Nacional de Vacinação do Brasil contempla não só as crianças, mas também adolescentes, adultos, idosos, gestantes e povos indígenas. No total, são disponibilizadas na rotina de imunização 19 vacinas cuja proteção inicia ainda nos recém-nascidos, podendo se estender por toda a vida. O PNI adquire, distribui e normatiza também o uso dos imunobiológicos especiais, indicados para situações e grupos populacionais específicos que serão atendidos nos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE). É também de responsabilidade desta coordenação a implantação do Sistema de Informação e a consolidação dos dados de cobertura vacinal em todo o país. Destacamos que o objetivo principal do Programa é de oferecer todas as vacinas com qualidade a todas as crianças que nascem anualmente em nosso país, tentando alcançar coberturas vacinais de 100% de forma homogênea em todos os municípios e em todos os bairros. Os índices vacinais sofreram quedas drásticas nos últimos anos. O Brasil, considerado um país pioneiro e referência internacional em campanhas de vacinação, vem apresentando retrocessos nesse campo e praticamente todas as coberturas vacinais estão abaixo da meta, o que aumenta o risco de reintrodução de doenças que já foram eliminadas, como a poliomielite. No ano de 2020 tivemos uma pandemia causa pelo SARS-COV2, mas conhecido popularmente como “COVID-19”, onde por questões de segurança naquele momento o distanciamento e isolamento social foi usado como arma fundamental contra o vírus, deste modo houve queda na procura por vacina, impossibilitando o alcance da cobertura vacinal. A OMS fez um alerta sobre essa situação estimando que após a Pandemia do novo coronavírus aproximadamente 80 milhões de crianças estarão suscetíveis a doenças imunopreveníeis como a poliomielite, difteria e sarampo ao redor de todo o mundo. Diante disso, esse trabalho tem por objetivo mostrar quais as estratégias utilizadas pelo município de Ferreiros para a ampliação da cobertura vacinal.

Implementamos uma vigilância contínua das coberturas vacinais, acompanhando através de relatórios semanais de cada unidade de saúde, adotando medidas necessárias para melhoria das coberturas vacinais. Para melhor captar essas crianças ampliamos os pontos de vacinação para facilitar o acesso e melhoramento da busca ativa dos faltosos, aproveitamos todos os eventos na saúde, para que também se trabalhasse a sala de vacina, também realizamos mutirões de vacinações em locais com maiores movimentos na cidade, como praças, feira livre que acontecem em pontos estratégicos no município.

Implantar medidas para a recuperação do cenário vacinal do município para o alcance das metas de cobertura vacinal preconizadas pelo Ministério da Saúde para cada imunológico do calendário vacinal das crianças. Identificar as crianças que possuem vacinas em atraso, junto às equipes de saúde da família e seus respectivos profissionais, em particular o Agente Comunitário de Saúde, que tem como função principal cadastrar toda a população territorial e assim conseguir realizar a atualização da caderneta vacinal de todas que estiverem em atraso. Combater a desinformação da população em relação a vacinação sobre seus eventos adversos juntos aos profissionais nas filas de espera nos pontos de vacinação, informando-as que vacina é segura e salva vidas. Promover ações que facilitem o acesso da população a vacina, ampliando os pontos de vacinação, qualificando e organizando o fluxo de atendimento para agilizar os processos de trabalho. Capacitar os profissionais de saúde sobre as informações em relação ao registro vacinal nos sistemas do SUS, qualificando a digitação em tempo oportuno e evitando erros eventuais no registro da aplicação de vacina.

As aplicações dessas medidas obteve resultados positivos, pois através da vacinação extramuros e realização da busca ativa conseguimos alcançar cada criança aumentando assim a cobertura vacinal de cada imunobiológico no ano de 2022. Conforme dados abaixo:

Principal

Ivete Luna de Lacerda Correia

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.
Paraíba
Práticas
Relato de experiência: humanização na atenção ao usuário no pronto atendimento de Pilar (PB))
Paraíba
Práticas
Implantação de laserterapia na rede de atenção à saúde de Pilar (PB): relato de experiência
Paraíba
Práticas
Paciente protagonista de sua terapia: o cuidado farmacêutico com pacientes atendidos no CAPS de Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Atenção e cuidado ao paciente portador de feridas no SUS em Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Quando a saúde vai além dos muros das UBS
Rio de Janeiro