Olá,

Visitante

Estratégias para Melhoria Das Coberturas Vacinais no Município de Anguera-Ba

Categoria não especificada

Este trabalho visa apresentar as estratégias utilizadas pelo município de ANGUERA – BAHIA no alcance das metas de cobertura vacinal entre as melhores do Estado da Bahia. O município de Anguera permanece no ano / 2022 atingindo metas de cobertura de vacinação de rotina como preconizado pelo PNI / MS. Conforme os indicadores de proporção de vacinas do calendário nacional (vacinação infantil de menores de 2 anos) das 4 vacinas selecionadas para realização deste calculo, o município atingiu coberturas ideais em todas, como apresentadas a seguir: Poliomielite atingiu percentual de 147,2% das crianças vacinadas assim como a vacina Pneumocócica 10 V percentual de 135,9%, Pentavalente percentual de 158,5% e TV o valor de 120,0% da meta. Esses dados devem está nas Considerações finais trazendo seus resultados e o alcance através das suas estratégias. Isso demonstra que suas estratégias dão certo.

Neste sentido, o município de ANGUERA-BA vem desenvolvendo e aperfeiçoando ferramentas para possibilitar a melhor instrumentalização e qualificação das atividades de vacinação em todo o seu território (zona urbana e rural). Continuando na mesma linha de ações dos últimos anos, com o intuito de informar, atualizar e disseminar normas e orientações pertinentes às atividades de imunização, Através da organização dos processos de trabalho, oferta de imunização como rotina dos serviços, priorização de Busca ativa da população em todas as visitas domiciliares, organização da infraestrutura das salas de vacina, organização da logística de recebimento, armazenamento, distribuição dos imunobiológicos da rede de Frio municipal para as Salas de vacinas, Registro e alimentação de sistema de informação de forma prioritária.

As coberturas adequadas ocorrem devido a algumas estratégias descritas: A vacinação dos nossos munícipes é uma ação de saúde prioritária, sendo incluída em todas as agendas de ações de saúde ( PSE, Visita Domiciliar, Educação Continuada) assim como nos eventos municipais em parceria com todas as secretárias do município de Anguera (vacinação nas capacitações e cadastramentos de vendedores ambulantes nos festejos populares), vacinação por busca ativa de servidores públicos em seus locais de trabalho, agendamento para trabalhadores dos serviços públicos ( varrição, capina, coleta de lixo e obras), vacinação durante matricula escolar, busca ativa em cartões de vacina nas escolas seguindo programação mensal de visita as escolas. Mobilizações em campanhas de vacinação com vacinadores e envolvidos vestidos de personagens infantis minimizando o temor de alguns vacinados durante sua imunização. Divulgação sobre importância e vacinas disponíveis para cada grupo nas redes sociais e durante as visitas dos ACS E ACES municipais As salas de vacina funcionarem de 2ª a 6ª feira, informatizadas e equipadas, adequadamente assim como os profissionais devidamente habilitados levando melhor adesão e credibilidade a imunização por parte dos munícipes e populações circunvizinhas. Agilidade na Alimentação do sistema de informação, qualidade da informação e presteza na atualização dos registros das vacinas em sistema CONECT Sus de acesso á população; Cronograma de capacitações para profissionais da enfermagem responsáveis pela atividade de vacinação; Cronograma de supervisões por coordenação da Vigilância Epidemiológica e Atenção Básica nas salas de vacina; Investimento na estruturação da Rede de Frio Municipal com aquisição de câmaras Frias, informatização, controle de estoque.

Este 1ª trabalho aborda nas estratégias além da importância dos procedimentos técnicos da sala de vacinação, temas como planejamento, monitoramento e avaliação, para garantir o aperfeiçoamento contínuo da área. É um anseio da SMS de que este trabalho atinja seu objetivo principal de estimular os profissionais de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) que trabalham direta e indiretamente nas atividades de imunização, contribuindo para a disseminação de informações, de maneira que seja como uma base para a formação dos novos recursos humanos envolvidos nessas atividades. O município de Anguera permanece no ano / 2022 atingindo metas de cobertura de vacinação de rotina como preconizado pelo PNI / MS. Conforme os indicadores de proporção de vacinas do calendário nacional (vacinação infantil de menores de 2 anos) das 4 vacinas selecionadas para realização deste calculo, o município atingiu coberturas ideais em todas, como apresentadas a seguir: Poliomielite atingiu percentual de 147,2% das crianças vacinadas assim como a vacina Pneumocócica 10 V percentual de 135,9%, Pentavalente percentual de 158,5% e TV o valor de 120,0% da meta. Esses dados demonstram que os resultados e o alcance através das estratégias utilizadas estão surtindo efeito positivo para imunização.

Principal

Renata Franco Silva

Coautores

Karine Santos Ramos da Silva

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.
Paraíba
Práticas
Relato de experiência: humanização na atenção ao usuário no pronto atendimento de Pilar (PB))
Paraíba
Práticas
Implantação de laserterapia na rede de atenção à saúde de Pilar (PB): relato de experiência
Paraíba
Práticas
Paciente protagonista de sua terapia: o cuidado farmacêutico com pacientes atendidos no CAPS de Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Atenção e cuidado ao paciente portador de feridas no SUS em Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Quando a saúde vai além dos muros das UBS
Rio de Janeiro