Olá,

Visitante

Escola para Pais e Mães: “Desafios do Amor Familiar”

FINALIDADE DAEXPERIÊNCIA: O Objetivo principal é melhorar as relações interpessoais entre pais, mães, filhos e a comunidade. Visa oferecer um espaço de acolhimento com o proposito de provocar reflexões acerca do cuidado, acolhendo suas angustias e buscando estratégias, que apontem a importância do fortalecimento de vínculos entre o casal e a família, para assim garantir o protagonismo das famílias do município de Princesa. O projeto tem como objetivos específicos desenvolver atividades informativas, educativas e reflexivas

Sabemos que o consumo de substâncias psicoativas é um fenômeno bastante antigo, que acompanha a civilização e sempre existiu em todas as culturas humanas, constituindo-se um grave problema de saúde pública e gerando sérias consequências pessoais e sociais no futuro de seus usuários. A ideia de se ter uma escola de aula para pais e responsáveis surgiu no ano de 2013 a partir de uma reflexão das equipes de atendimento em relação ao grande número e da complexidade dos atendimentos realizados pelos profissionais tanto da Saúde quando da Assistência Social do município de Princesa. Diante desses atendimentos perceberam-se dificuldades dos pais e mães ou responsáveis em lidar com conflitos familiares, a maioria dos casos advindos de famílias com histórico familiar de álcool e outras drogas. Bem como lidar com a educação dos filhos, limites e regras. Sabemos que tudo isso influi na qualidade de vida das pessoas e isso tudo pode ter reflexos depois na escola, na sociedade, envolvimento com álcool e drogas, entre outros.Diante disso, esta sala de aula aparece como instrumento imprescindível para efetivo desenvolvimento dos filhos, pois os pais ou responsáveis, tendo orientações sobre o desenvolvimento dos mesmos e suas próprias relações, conseguem compreender suas necessidades e dificuldades em cada etapa, facilitando, assim, a formação de uma identidade saudável e completa, tendo em vista que a família tem por finalidade assegurar o desenvolvimento das diversas habilidades humanas. Necessitamos ampliar o papel familiar para podermos contribuir nas relações afetivas e dialogadas no âmbito familiar, neste contexto consideramos que é de grande relevância atuar junto ao casal ou responsável pela criança e pelo adolescente, oferecendo uma oportunidade de troca de experiências, visualizando orientações familiares e de fortalecimento entre os seus membros.

Sabemos que são diversas coisas que influem diretamente na qualidade de vida das pessoas daí a importância de se pensar o que fazer para melhorar nosso relacionamento familiar visando, além disso, o fortalecimento de vínculos entre o casal e família garantindo o protagonismo e melhor qualidade de vida as mesmas. No caso do álcool e outras drogas os prejuízos são inúmeros, pois causam tanto consequências orgânicas e comportamentais, como influência também na estrutura de desenvolvimento da personalidade de crianças e adolescentes que podem ter o seu desenvolvimento psíquico social e emocional negativamente afetado devido ao grande estresse emocional vivenciado em seu dia a dia, gerando um impacto social grande na vida destas famílias, mas que reflete na sociedade, pois acabam sendo demandas que estão todos os dias nas portas dos serviços de saúde para atendimento e resolutividade de conflitos. O trabalho proposto perpassa o campo do cuidado com vistas a contribuir e fortalecer medidas de promoção de saúde por meio de ações conjuntas, tal certeza baseia-se na perspectiva de atenção integral a saúde e na interdisciplinaridade. Tendo em vista que ações estratégicas de saúde pública são fundamentais para uma melhor qualidade de vida e bem estar dos pacientes dos serviços de saúde este trabalho justifica-se na necessidade de criar novas técnicas de intervenção, para assim, reforçar mudanças e ampliar o leque de programas de promoção, prevenção e reabilitação.

Principal

Maristela Barp,Jacinta Gerlach, Anne Casagrande, Silvana Stuani.

maristela.barp@hotail.com

A prática foi aplicada em

Princesa

Santa Catarina

Sul

Instituição

R. Sete de Setembro, 605

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Maristela Barp,Jacinta Gerlach, Anne Casagrande, Silvana Stuani.

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

04 out 2022

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Ações intersetoriais: integrando estratégias no combate às arboviroses na cidade de Belém do Brejo da Cruz (PB)
Paraíba
Práticas
Re(h)abilitando a interdisciplinaridade e o cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Fato ou fake: utilizando a força da internet no combate a fake news sobre vacinação em Esperança – PB.
Paraíba
Práticas
Projeto saúde na feira: ampliando o acesso de serviços de saúde no município de Ingá.
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Promoção da saúde mental dos trabalhadores da estratégia de saúde da família: cuidando do cuidador.
Paraíba