Olá,

Visitante

Descentralização do E-SUS Informatizado nas Unidades de Saúde: uma Experiência Exitosa em Eunápolis/Ba.

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA:A principal finalidade da experiência de descentralização do SISAB, perpassa pela aproximação dos sistemas de informações pertencente a Atenção Primária, aos atores geradores dos dados necessários a exportação, ou seja, Planilha de procedimento, atendimento individual e coletivo, etc. Tal conduta facilita a transmissão de informações, assim como, minimiza equívocos possibilitando a qualidade da informação associado a redução de tempo, logística, recursos, etc.DINÂMICA E ESTRATÉGIAS DOS PROCEDIMENTOS USADOS: A identificação do coordenador foi o ponto de partida para a implantação do sistema, seguida pelo diagnostico da capacidade de recursos humanos existentes e levantamento da capacidade tecnológica disponível na Secretaria Municipal de Saúde e Unidades Básicas de Saúde (computadores, impressoras, internet, ambientes etc.). O segundo passo foi elaborar a estratégia de implantação do novo sistema no município, o qual se encaixava primeiramente no cenário 01, devido à ausência de computadores em algumas unidades de saúde. O terceiro passo foi viabilizar e qualificar profissionais da gestão para capacitar os demais profissionais de saúde das UBS e de tecnologia da informação do município através dos manuais e vídeo aulas disponíveis no site do DAB nacional.INDICADORES/VARIÁVEIS/COLETA DE DADOS:-Número de Registros profissional de atendimentos e procedimentos individuais e coletivos /UBS com SISAB descentralizado

De acordo com a Portaria n° 1.412 de 10 de julho de 2013, o Ministério da Saúde instituiu o novo Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica (SISAB, inserido no E-SUS, que passou a ser o sistema de informação vigente para fins de financiamento, adesão aos programas e estratégias da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) do DAB/SAS/MS

Pelo exposto acima, podemos concluir a aplicabilidade desta estratégia para os demais municípios frente a necessidade dos novos desafios para melhorar os modelos assistenciais vigentes, dos quais podemos citar: aliar qualidade de informação ao bom atendimento, com vistas à ampliação e qualificação dos serviços prestados

Principal

Paula Heleno de Carvalho

saude.eunapolis@gmail.com

A prática foi aplicada em

Eunápolis

Bahia

Nordeste

Instituição

Rua Archimedes Martins, 525, Centauro

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Paula Heleno de Carvalho

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Gestão de saúde de Cabedelo na implantação da nova lei de licitações: desafios e conquistas
Paraíba
Práticas
Processo de elaboração do Plano Municipal de Saúde 2022-2025- relato de experiência.
Paraíba
Práticas
INFORMATIZAÇÃO DA REGULAÇÃO MUNICIPAL COM A ATENÇÃO PRIMÁRIA COMO COORDENADORA DO CUIDADO
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da implantação de sistema de regulação de exames no Município de mendes.
Rio de Janeiro
Práticas
Ideação suicida e tentativas de suicídio: uma análise de casos do SAMU 192 no interior do estado do RJ.
Rio de Janeiro
Práticas
Samuzinho: Educação em saúde e primeiro socorros na escola para a promoção do SAMU 192.
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação do programa de gestão transparente do tempo resposta no SAMU 192: uma missão desafiadora
Rio de Janeiro
Práticas
Verde, amarelo e vermelho: protocolo de classificação das consultas por grau de prioridade no Centro Especializado de Saúde de Quissamã (RJ)
Rio de Janeiro