Olá,

Visitante

SUS, no Município de Corumbá-Ms

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA:Análise da implantaçãoda prática de co- gestão no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde de Corumbá-MS.DINÂMICA E ESTRATÉGIAS DOS PROCEDIMENTOS USADOS: •

O Município de Corumbá situa-se no Estado de Mato Grosso do Sul, mais especificamente, no Sul da Região Centro-Oeste do país, sendo considerada como uma microrregião desse Estado Brasileiro pertencente à mesorregião dos Pantanais Sul Mato-grossense. A cidade faz fronteira com a Bolívia e o Paraguai, sendo a última cidade do Brasil antes de solo boliviano e a segunda principal situada à margem esquerda do Rio Paraguai

A história aponta o trabalho nas sociedades contemporâneas, sob o domínio do capital. Este instrumentalizou a ação do homem para a produção de mercadorias e realização de mais-valia. Disciplinarizou e efetivou o controle do trabalho e do trabalhador. Esse processo produziu forte alienação, fazendo com que o trabalho perdesse sentido, pois além de estritamente relacionado à produção de lucro (trabalhador como recurso humano), negou aos trabalhadores a decisão sobre a organização dos processos de trabalho (FERREIRA JUNIOR, 2008)..Essa relação de alienação, no campo da saúde pública provoca efeitos destrutivos, pois a saúde, como fundamento do “viver mais e melhor”, depende da relação com o outro, da qualidade do cuidar recíproco. Para reduzir a alienação, se faz necessário reorganizar os processos nas relações de trabalho e da produção de saúde para produzir sentido para quem executa os serviços. Sem os sentidos, que também produz os sujeitos, não é possível a corresponsabilização ou a gestão compartilhada.Ao assumir a gestão da Saúde, em 2013, os trabalhadores da Secretaria de Saúde de Corumbá apenas atendiam as formas hierárquicas de administração sem sentirem-se pertencentes aos processos de organização da gestão. Também “obedeciam” às regras de tarefas ordenadas. Não participavam da elaboração dos planejamentos ou de pactuações. Essas relações seguiam a máxima “de cima pra baixo”. Vistos apenas como tarefeiros, reproduziam as relações hierárquicas e agiam de forma individualizada e centralizadora. Dessa forma, ainda em 2013, propôs-se a redefinição do “fazer gestão pública de saúde” a partir dos trabalhadores para que estes sintam-se protagonistas das ações e dos serviços de saúde, mas principalmente o sujeito da ação, multiplicando essa dinâmica aos usuários de saúde. A proposta da Secretaria Municipal de Saúde em contribuir para que os trabalhadores se percebam como produtores de sua própria identidade, mas, sobretudo de realização pessoal tem produzido efeitos importantes. Muitos já se empoderaram das suas funções no exercício constante do “fazer com”, além do “fazer colaborativo”, ou seja, a percepção de que todos, a partir do principio da transversalidade e intersetorialidade possam potencializar a garantia de ações integrais e humanizadas.Entre 2013 e esse inicio de 2014 observa-se a alteração dos processos de definição das tarefas, responsabilidades e encargos assumidos pelos trabalhadores proporcionando mais solidariedade entre eles e um fortalecimento substancial no trabalho em equipe.

Principal

Célia Maria Flores Santos

A prática foi aplicada em

Corumbá

Mato Grosso do Sul

Centro-Oeste

Instituição

RUA GABRIEL VANDONI S/N, BAIRRO DOM BOSCO

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Célia Maria Flores Santos

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Teste: verificando o recurso de emissão de certificados
Todos os Estados (Sudeste)
Práticas
Gestão de saúde em Queimadas – PB: uso estratégico da informação no planejamento das ações
Paraíba
Práticas
Implantação e ampliação de Serviço Especializado em município do sertão da Paraíba
Paraíba
Práticas
Gestão de saúde de Cabedelo na implantação da nova lei de licitações: desafios e conquistas
Paraíba
Práticas
Processo de elaboração do Plano Municipal de Saúde 2022-2025- relato de experiência.
Paraíba
Práticas
INFORMATIZAÇÃO DA REGULAÇÃO MUNICIPAL COM A ATENÇÃO PRIMÁRIA COMO COORDENADORA DO CUIDADO
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da implantação de sistema de regulação de exames no Município de mendes.
Rio de Janeiro