Olá,

Visitante

Cuidado À Saúde das Tabagistas em Privação de Liberdade: Um Compromisso Coma Promoção da Equidade

A prática se configura na construção de uma linha de cuidado e atenção á saúde das tabagistas em situação de privação de liberdade do Presidio Feminino de Campina Grande. Com a inclusão da abordagem mínima ao tabagista nas consultas de rotina, foi possível realizar um mapeamento capaz de diagnosticar um panorama onde de uma população total de 76 reeducandas, 61 reconheciam-se fumantes, traçando assim um preocupante cenário de demanda de intervenções. Diante do levantamento epidemiológico quantitativo da etapa anterior. Foi realizada a aplicação de uma adaptação da ficha de anamnese clínica para avaliação inicial do tabagista desenvolvida pelo INCA. Posteriormente, através de discussão entre equipe, as tabagistas puderam ser estratificadas em pelo menos 3 perfis: 1- fumantes sem desejo de parar o fumo, 2-fumantes que desejam parar após o cumprimento da pena, 3-fumantes que desejam parar em até 4 semanas.Dois ciclos de intervenções foram pensados. Um deles voltado a ações baseadas na Educação em Saúde e o outro relacionado à inserção na abordagem intensiva ao fumante. Considerando as especificidades de cada tabagista, considerando a heterogeneidade do processo de dependência e os perfis discutidos, dois caminhos para a condução do tratamento do tabagismo dentro do presídio foram pensados. O primeiro deles foi baseado nos princípios da Educação em Saúde, e promoveu através de palestras a respeito da temática do tabagismo o estímulo do desenvolvimento do senso de auto responsabilidade sobre a saúde. E foi direcionado àquelas tabagistas sem o desejo da parada do fumo e as que visualizam a parada após cumprimento da pena. O segundo ciclo, foi direcionado as fumantes que desejam parar em até 4 semanas. E consistiu na inserção da abordagem intensiva ao fumante, que segue o protocolo validado pela Portaria nº 761 de 21/06/16 do Ministério da Saúde, que, por sua vez, baseou-se na abordagem cognitivo-comportamental e consiste em sessões individuais ou em grupo de apoio, coordenados por 1 a 2 profissionais de saúde, seguindo um esquema de acompanhamento.

Atravessados sobretudo pelo princípio da integralidade do cuidado, um olhar sobre a população em situação de privação de liberdade foi lançado, uma vez que, mediante relatório dos profissionais de saúde da unidade lotada no presídio feminino do município, foi apontada a prevalência de uma população fumante de 80,2%. A partir disso, fomos convidados a reforçar nosso compromisso de reconhecer e manejar todo o leque de necessidades que englobam o cuidado integral à saúde dos tabagistas em situação de privação de liberdade, visto que, essa população em situação de privação de liberdade configura um grupo de acesso a saúde historicamente marcado por dificuldades.

A reaplicação da prática justifica-se pela importância da implementação de uma linha de cuidado para a atenção integral aos tabagistas inseridos em um contexto onde o cigarro desempenha um papel extremamente complexo e específico, seja de moeda de troca entre as reeducandas seja de escape para a lida com sofrimento psíquico. A importância da realização de um trabalho que envolva uma equipe multidisciplinar é fundamental para o êxito.

Principal

Byanka Alves de Andrade Sousa

byankaalvesdeandrade@gmail.com

A prática foi aplicada em

Campina Grande

Paraíba

Nordeste

Instituição

Av Assis Chateaubriand

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Byanka Alves de Andrade Sousa

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba