Olá,

Visitante

Cineteen Sertanejo: A Arte de Viver- A Utilização do Cinema como Ferramenta de Cuidado de Adolescentes com Problemas Psicoemocionais em um Município do Sertão Alagoano

A adolescência é uma fase de descobertas e instabilidade emocional, período crítico, pois em meio aos conflitos internos o adolescente fica suscetível às influências do meio e sem uma boa base e acolhimento familiar e social podem apresentar desvios de conduta como também adoecimento psíquico. Assim, diante do crescente número solicitações das unidades de saúde de Santana do Ipanema para avaliação psicológica de adolescentes com comportamentos de automutilação, abandono de estudo, isolamento social, conflitos familiares e tentativas de suicídio, a equipe NASF buscou a estratégia de grupo de apoio para dar suporte a este público utilizando-se da sétima arte para envolve-los e despertar discussões das temáticas que permeiam esta fase, assim também como estratégias de atividades grupais, orientações individuais, orientação e suporte aos responsáveis, estímulo a criatividade e autonomia dos jovens. Assim surgiu o Cineteen Sertanejo: a arte de viver que ocorre mensalmente desde o início.

o objetivo geral é promover espaço de troca de experiências e apoio psicoemocional para os adolescentes favorecendo a formação de identidade saudável. como objetivos específicos temos: fortalecer a autoestima prevenir distúrbios de comportamentos, ri o público alvo são adolescentes encaminhados pelas Estratégias de Saúde da Família para avaliação/acompanhamento às duas equipes de Núcleo Ampliado de Saúde da Família de Santana do Ipanema- AL. Os encontros são mensais e iniciaram em setembro de 2017. Ocorrem em um ponto central para facilitar o acesso aos adolescentes que vem de todas as áreas da cidade (urbana e rural). A principal estratégia metodológica é a utilização de filmes que trabalham temas relacionados à adolescência instigando debates e reflexões sobre os conflitos advindos dessa fase. Utilizamos também metodologias ativas como dinâmicas de grupo, atividades física/recreativas e músicas. A abordagem é multiprofissional permitindo um olhar ampliado desses jovens.

Temos observado a melhora de vários adolescentes, como: diminuição da frequência das automutilações, do choro, dos pensamentos negativos, da ansiedade, retorno às atividades escolares, melhoria da autoestima, interação social e ingresso de alguns no mercado de trabalho. Esses resultados foram constatados através de relatos de pais e agentes de saúde. Eles relatam que o grupo é um lugar confiável onde podem tirar suas dúvidas e sentir-se acolhidos. Nos encontros com responsáveis pelos adolescentes esses relatam a importância deste projeto que mudou seus filhos e o quanto tem os ajudado a melhor cuidar deles. Os próprios adolescentes pedem para trazer amigos com problemas emocionais ao grupo por querer que eles também sejam ajudados.A utilização da arte foi introduzida como estratégia eficaz no trato da saúde mental no Brasil por Nise da Silveira e trouxe nova forma de enxergar o ser humano, propiciando resultados fabulosos. É nesta perspectiva que a Equipe NASF de Santana do Ipanema criou esse projeto, para despertar nos adolescentes em sofrimento psíquico, devido as peculiaridades da fase e aos conflitos do meio onde estão inseridos, o resgate do desejo pela vida e levá-los a encontrar formas de lidar com estas situações.

Principal

Cícera Gomes Da Silva Moraes

cicera.g.psi@gmail.com

A prática foi aplicada em

Santana do Ipanema

Alagoas

Nordeste

Instituição

Residencial Parque Petrópolis I Nº 408 Bloco 10 Apt 303 – Petrópolis Maceió Al Cep 57.062-591

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Normanda Da Silva Santiago

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal