Olá,

Visitante

Caravana da Saúde: um jeito diferente de ofertar acesso à saúde à população do campo

A Atenção Primária à Saúde é a porta de entrada do usuário no SUS, responsável por dar conta de 85% dos problemas de saúde da população (STARFIELD, 2002). Esta prerrogativa tornou-se um desafio para o município de Porto Nacional, devido às implicações geográficas, territoriais e culturais. Este fica localizado a 65 km da capital Palmas. Possui uma área geográfica de 4.449,9 km², densidade demográfica de 11,04 hab./km² e a 4ª maior população do estado, com 49.146 pessoas, sendo 42.435 da zona urbana e 6.711 da zona rural (IBGE 2010). A população rural dispensada em 37 assentamentos, cuja distância mínima da cidade é de 10Km e a máxima é de 120Km. A partir do reconhecimento territorial situacional nas comunidades do campo, junto com o agente comunitário de saúde rural, a gestão identificou a principal dificuldade na garantia da Politica de Atenção Primária à Saúde: dificuldade de acesso, devido às barreiras geográficas e à inexistência de transporte regular, na maioria dos casos. Esta desencadeava outras dificuldades, como a restrição de acesso às especialidades.

Necessidade de ampliação ao acesso à saúde para a população do campo no município de Porto Nacional (TO), através da Caravana da Saúde, ofertando serviços e atendimentos de promoção, prevenção, diagnóstico precoce e tratamento oportuno.

Sem anotação

Observou-se que a procura por assistência nas ações da Caravana da Saúde pela população, na sua maioria, foram para consultas médicas, na perspectiva de apresentar suas queixas ou para solicitar medicamentos. Contudo, ao se depararem com uma equipe multidisciplinar e uma variedade de ações de prevenção, promoção e educação em saúde postas no território em que vivem, a excelente adesão às atividades ofertadas possibilitou diagnósticos precoces e rompimentos de ciclos de transmissão de doenças transmissíveis, além da sensibilização e estímulo à co-responsabilização de cada usuário no processo de saúde e doença e na qualidade de vida.

Principal

Gracieli Guimaraes

ideiasus@gmail.com

A prática foi aplicada em

Abatiá

Paraná

Sul

Instituição

Porto Nacional

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

21 ago 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba
Práticas
Estratégias de imunização em município do interior da Paraíba resulta em 1º lugar no estado durante campanha de influenza 2024 : relato de experiência
Paraíba