Olá,

Visitante

Busca Ativa, uMA Ação Eficaz para Maximzar a Adesão À Vacinação

Categoria não especificada

O município de Santa Luz -PI, situado no território chapada das Mangabeiras, com perfil rural-remoto, possui três equipes de saúde, sendo duas na zona rural e uma na urbana, estas vem desenvolvendo ações através da busca ativa, com intuito de melhorar a adesão da população ao Programa Nacional de Imunização. No âmbito municipal, realizamos levantamentos dos cadastros no CAD-SUS, e nos prontuários eletrônicos das crianças fazendo o comparativo com o cartão virtual da caderneta da criança, e através do cartão espelho, sendo este, uma ferramenta também utilizada pelas equipes, com intuito de monitorar e auxiliar os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) no momento da visita domiciliar. Os problemas existentes no município são decorrentes de fatores socioculturais, uma vez que por não existir a doença e não está em atividade circulatória cria-se uma falsa ideia da não contaminação, fortalecendo o movimento antivacina. Uma das estratégias se dá pela sensibilização da população por meio de palestras em locais estratégicos, onde a população tenha dificuldades na aceitação das vacinas, enfatizando acerca dos benefícios e consequências da ausência mesma. Por meio das ações realizadas e apresentadas, o município de Santa Luz Piauí, obteve avanço na cobertura vacinal, atingindo a meta recomendada pelo ministério da saúde. A busca ativa tem sido essencial no sentido de fortalecer a adesão da população à vacinação, reforçando os benefícios de um esquema vacinal atualizado. No entanto, é necessário que haja em todo o território nacional equipes qualificadas para realização de estratégias de busca, bem como o aumento da disposição de recursos através do ministério da saúde enviados aos municípios, de modo a estruturar essas práticas dentro das atividades prioritárias da atenção básica, considerando que a imunização é conduta eficaz para redução da morbimortalidade no Brasil.

Os problemas existentes no município são decorrentes de fatores socioculturais, uma vez que por não existir a doença e não está em atividade circulatória cria-se uma falsa ideia da não contaminação, fortalecendo o movimento antivacina. Desabastecimento das vacinas pelos órgãos competentes; Dificuldades de acesso à zona rural, por motivos geográficos e estruturais; Restrição da regional de saúde em estabelecer um dia fixo para cada município receber os imunobiológicos; Fragilidade do acompanhamento do Estado, no que diz respeito as ações de imunização junto às regionais, exemplo: anualmente eram realizadas levantamento das fragilidades por meio de capacitações locais.

Desburocratização do acesso aos imunobiológicos dispensados pelas regionais de saúde, de modo que não haja restrição aos municípios em receberem suas doses quando houver necessidade ; Equiparação e ampliação das salas de vacinas estendendo-se para as zonas rurais, de acordo com a demanda; Sensibilização da população por meio de palestras em locais estratégicos, onde a população tenha dificuldades na aceitação das vacinas, enfatizando acerca dos benefícios e consequências da ausência mesma; Educação permanente das equipes de saúde acerca do fortalecimento da imunização; Fortalecimento das políticas já existentes por meio de ações com a equipe multiprofissional;

Por meio das ações realizadas e apresentadas, o município de Santa Luz Piauí, obteve avanço na cobertura vacinal, atingindo a meta recomendada pelo ministério da saúde. A busca ativa tem sido essencial no sentido de fortalecer a adesão da população à vacinação, reforçando os benefícios de um esquema vacinal atualizado. No entanto, é necessário que haja em todo o território nacional equipes qualificadas para realização de estratégias de busca, bem como o aumento da disposição de recursos através do ministério da saúde enviados aos municípios, de modo a estruturar essas práticas dentro das atividades prioritárias da atenção básica, considerando que a imunização é conduta eficaz para redução da morbimortalidade no Brasil.

Principal

RUHAN RIBEIRO DOS SANTOS

Coautores

Francisca Geania Lima de Araujo

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Ações intersetoriais: integrando estratégias no combate às arboviroses na cidade de Belém do Brejo da Cruz (PB)
Paraíba
Práticas
Os caminhos para alcançar os indicadores de desempenho do Previne Brasil pelo município de Bom Jesus (PB)
Paraíba
Práticas
Re(h)abilitando a interdisciplinaridade e o cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba