Olá,

Visitante

Balada da Vacina

Categoria não especificada

A Balada da Vacina foi realizada no município de Osório, que está localizado no litoral gaúcho, próximo a capital Porto Alegre e tem população de aproximadamente 46 mil habitantes. A Balada foi um evento realizado no Largo dos Estudantes Sônia Chemale, um local público no Município de Osório que é sede de eventos culturais e de lazer. O Largo dos Estudantes também é sede da feira do produtor todos os sábados pela manhã sendo ponto de encontro para os moradores e turistas e com isso a Secretária da Saúde aproveita este espaço para realizar ações em saúde. A Balada da Vacina foi um evento realizado para a vacinação COVID 19 voltado exclusivamente para os adolescentes de 12 a 17 anos, com intuito de alcançar as metas vacinais, que normalmente nesta idade estão abaixo do esperado, o evento teve a presença de atrações que visaram incentivar os adolescente a comparecer neste dia para vacinação como Dj colocando som e jogos de luzes e palhaço animando o evento. A balada foi realizada no dia 15 de setembro de 2021, das 18h as 23h, e neste dia vacinamos em torno de 1200 adolescentes.

Os maiores desafios no nosso município tem sido a conscientização das pessoas na importância de se fazer as vacinas do calendário vacinal assim como das campanhas. Cada ano que passa tem sido mais difícil de atingirmos metas. Também há necessidade de profissionais qualificados em quantidade suficiente que atinja toda a população, visto que temos um extenso território, assim como estruturas adequadas para que seja fornecido este serviço. Por isso temos que estar sempre atentos criando estratégias que possam contemplar o maior público possível, assim aumentando as coberturas vacinais. Diante disso, pensamos nesta ação voltada para os adolescentes com intuito trazê-los a este evento de uma forma prazerosa. Como o largo é um espaço público, foi delimitada uma grande área quadrada onde foram demarcadas 4 filas com o apoio da secretaria de trânsito. Na entrada desta área tinha 2 profissionais de saúde que fizeram o acolhimento e triagem para avaliar se o adolescente havia condições de receber sua dose neste dia, também foi exigido acompanhante maior de idade para o ingresso dentro do espaço, após o acolhimento eram encaminhados a uma das 4 filas, na entrada de cada fila havia um agente comunitário de saúde que já organizava os documentos necessários, e ao final da fila eram atendidos por mais 2 agentes comunitários de saúde que registavam as doses em suas carteiras de vacina e também todas as orientações necessárias sobre a vacinação, depois de todas estas etapas o adolescente já estava apto a passar pela vacinadora para fazer sua dose de vacina e a grande atração era tirar a selfie no momento da vacinação . O evento contou com a presença Dj Erick Bueno, um adolescente morador do nosso município animou o público que ali estava, também teve show de luzes e um palhaço animando a noite. Neste dia contamos com a colaboração de 6 vacinadores, 12 agentes comunitários de saúde, 2 enfermeiros e 2 acadêmicos de enfermagem que fizeram a triagem/acolhimentos destes na entrada do acesso delimitado. Além disso, 2 estagiários adolescentes, que ficaram passando pela fila dando orientações gerais para que as pessoas não ficassem ansiosas até que chegassem a sua vez. Foi um evento muito empolgante que teve uma enorme repercussão diante do número de vacinados onde foram contemplados em torno de 1200 adolescentes com a vacina contra Covid -19 em um só dia.

É essencial o apoio por parte dos veículos de comunicação, TV, rádio e até mesmo carros de som, pois tem sido cada dia mais difícil lutar contra as fakes news. Também é necessário que haja salas de vacinas funcionando em tempo integral, visto que nosso município é muito extenso com vários postos em regiões rurais, onde não conseguimos manter salas de vacinas abertas em todos eles, e muitas vezes alguns moradores não tem recursos disponíveis para se deslocar até o centro da cidade para realizar as vacinas. Em vista de que fazer um evento deste porte no mesmo turno de trabalho teríamos que abrir mão de outro serviço realizado pelos funcionários da secretária de saúde, então adotamos neste dia por um horário alternativo, onde foi ofertado hora extra para aqueles profissionais que gostariam de aderir a este evento em horário estendido ao seu turno de serviço, onde as unidades de saúde funcionam até as 17:00, assim podemos contar com uma equipe grande para este evento e todos super engajados em vacinar o maior número de adolescentes possível.

Os pensamentos errôneos dos escolares, adolescentes, mães, professores, profissionais de nível superior interferem na vacinação, os quais dificultam a administração da vacina. Os pais, na maioria das vezes, determinam a vacinação dos filhos e precisam ser envolvidos em uma conversa que desmistifique alguns pensamentos e rompa com tabus criados. Outro problema é que muitas vezes os municípios, particularmente aqueles de menor porte, apresentam dificuldades na execução das ações de vacinação, pela falta de capacitação e pela rotatividade ou escassez dos profissionais que atuam nas salas de vacinação ou então a falta de estrutura para ofertar a vacinação a determinadas populações. As ações de vacinação de maneira massiva, como a intensificação em postos móveis ou locais de acesso fácil pela população, assim como a busca ativa comunitária de não vacinados, além da formação de equipes de resposta rápida, permitem alcançar maiores coberturas vacinais. Assim, podemos concluir que a repercussão que teve este evento foi de suma importância, pois a adesão dos adolescentes foi muito satisfatória. Podemos ter esta afirmação pois o evento foi divulgado em torno das 13 horas nas redes sociais oficiais do município e por volta das 15 horas já estava se iniciando a grande fila que nos aguardava para o início do evento. E assim cada adolescente que ali estava radiante aguardando para vacinar, já convidava outros vários a também participarem do evento. Contudo, concluímos nesta data o nosso objetivo que foi de vacinar um grande número de adolescentes em um super evento atrativo a este público.

Principal

Juliane Dias Gajko

Coautores

Ângelo Rene da Rosa , Juliana Gonçalves Oliveira , Cristiane de Almeida Silva

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Atuação intersetorial nos casos suspeitos de TEA na primeira infância, um relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba
Práticas
As PICS como ferramenta potencializadora no cuidado a saúde do trabalhador
Paraíba