Olá,

Visitante

Ações Intersetoriais Entre Saúde, Educação e Assistência Social para Aumento da Cobertura Vacinal

Categoria não especificada

As coberturas vacinais no Brasil vêm caindo desde o ano de 2017 segundo informações do Ministério da Saúde. No município de Querência os dados apresentam queda a partir do ano de 2018 e com uma piora bastante intensa nos anos de 2020 e 2021. As vacinas como aliadas na prevenção de doença e de mortes tem um papel fundamental na proteção da vida principalmente de crianças. As ações intersetoriais são compreendidas como o trabalho do setor saúde e demais setores como a Assistência Social e Educação a fim de obter resultado eficaz e sustentável, com a finalidade de se obter uma melhora nos índices de vacinação. O trabalho aqui apresentado refere-se as ações intersetorias da Secretaria de Saúde em parceria com a Assistência Social e Secretaria de Educação do município de Querência MT. As ações intersetorias desenvolvidas deram inicio com as ações do Selo Unicef que iniciou com a Busca Ativa Vacinal (BAV) para as vacinas Tríplice Viral e Tetra Viral, neste processo foi necessário realizar cadastramento e capacitação de agentes de alerta e demais envolvidos que são trabalhadores das três secretarias descritas e que estavam responsáveis pela verificação da situação vacinal das crianças. No planejamento a equipe da Secretaria de Saúde sugeriu que realizássemos também a verificação para as demais vacinas oportunizando o momento. Dentre as ações realizadas está a decoração de Páscoa na praça central da cidade agregando o tema vacinação, foi criado um espaço em que os personagens de Páscoa como o coelho estava em uma sala de vacinação, consultório médico e recepção da unidade portando seu cartão vacinal com o intuito de alertar a população para a vacinação em dia. Nas escolas foram realizados cronogramas de verificação das cadernetas de vacinação em todas as escolas publicas e privadas do município incluindo também a zona rural. As crianças com autorização prévia dos pais já realizavam a vacinação dentro do âmbito escolar. No âmbito da Assistência Social em todas as ações do Centro de Referencia em Assistência Social (CRAS) como a Semana do Bebê, Grupo quem Ama Cuida, Núcleo da Criança e do Adolescente, Conselho da Criança e do Adolescente, Criança Feliz e Programa Auxilio Brasil são realizadas ações conjuntas de verificação da situação vacinal e orientações aos pais quanto a importância da vacinação. Realizada também na oportunidade de cada encontro dos grupos a vacinação de crianças e adolescentes que apresentem atraso ou que esteja em tempo hábil para manter a caderneta de vacinação em dia. Observamos uma melhora considerável na busca pela vacinação no município, quanto as coberturas vacinais analisando o indicador 5 do Previne Brasil e comnparando com outros quadrimestres o municipio apresentou significativa melhora na cobertura dessas vacinas. A analise da cobertura das demais vacinas para o mesmo período do ano anterior houve também uma melhora na cobertura vacinal em vacinas como BCG, Pneumococócia, Triplice Viral, Hepatite A e Febre Amarela.

A pesquisa realizada pelo ImunizaSUS mostrou que parte da população se abstem da vacinação devido ao medo ou desconhecimento sobre as reações adversas, a Secretaria de Saúde está fornecendo a população folder com o nome, doença que previne e as reações mais comuns das vacinas de crianças e adolescentes. Em campanhas publicitarias é sempre alertada a população sobre a importância da vacinação e principalmente quanto ao retorno de doenças como o Sarampo.

O desafio do município é manter a população esclarecida sobre a necessidade de continuar mantendo sua população protegida contras as doenças imunopreviniveis. A secretaria de Saúde bem como as demais envolvidas nas ações intersetoriais tem trabalhado para o aumento das coberturas vacinais, cobrando da população atendida pela Assistência Social a regularidade com a questão vacinal. Todas as crianças no ato da matricula em escolas da rede pública ou privada no município obrigatoriamente devem apresentar um comprovante da regularidade vacinal. A secretaria de Esportes por intermédio da Secretaria de Saúde solicita a todos os atletas matriculados em suas escolas de futebol, vôlei, tênis etc comprovante de atualização vacinal.

Esse trabalho buscou contribuir com outros municípios sobre a importância das ações intersetoriais para a melhora da vacinação e consequentemente das coberturas vacinais, é importante aqui ressaltar o papel que cada pessoa bem orientada terá na vida dos filhos, familiares e vizinhos, evitando a disseminação de noticias falsa e principalmente acreditando no poder da ciência e nos benefícios que a vacinação traz a população

Principal

Aline fabian

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Teste do Certificado
Minas Gerais
Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Atuação intersetorial nos casos suspeitos de TEA na primeira infância, um relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba