Olá,

Visitante

Auditoria da Secretaria Municipal de Saúde de Resende-Rj: Um Relato de Experiência

O Serviço de Auditoria da Secretaria Municipal de Saúde de Resende (SMSR) compõe a estrutura organizativa da Superintendência de Controle, Avaliação e Regulação (SCAR). Ao longo de sua história, a equipe esteve formada exclusivamente por médicos e enfermeiras e, atualmente, é composta por quatro médicos e uma enfermeira. Desde o ano de 2011 o Serviço foi reestruturado e passou a funcionar como se descreve a seguir. Os prestadores de serviço contratados/conveniados, após assinatura do contrato/convênio, são submetidos à avaliação técnica in loco por Auditor da SMSR. Nesta visita técnica são avaliadas as instalações físicas, a existência e as condições de funcionamento de materiais e equipamentos, a qualificação técnica da equipe e da própria empresa. É redigido um relatório que descreve as condições apresentadas pelo prestador de serviço e são feitas recomendações a serem seguidas. O relatório é encaminhado ao Secretário de Saúde que envia ao prestador para tomada de providências. O acompanhamento da execução das recomendações é feita pela Superintendência a qual o serviço prestado está vinculado.Outra atividade realizada pela Auditoria é a apuração das demandas de Ouvidoria que são recebidas sob a forma de denúncia desde o ano de 2015. O Auditor analisa a demanda e avalia a necessidade/propriedade de apuração que é feita através da análise de documentos (prontuários, resultados de exames, relatórios das Comissões Hospitalares, demandas de Ouvidoria, etc), da oitiva dos servidores envolvidos na situação e de pareceres expedidos por especialistas. Ao final é elaborado Relatório que analisa a situação denunciada, propõe recomendações e é encaminhado ao Secretário de Saúde para providências. Como desdobramento verifica-se a realização de treinamento/capacitação dos servidores, aquisição de materiais e equipamentos e solicitação de abertura de sindicância.

Acompanhamento da implementação das recomendações devido a gama de atividades desempenhadas pelos Superintendentes e a pouca cultura relacionada ao controle e avaliação por parte da gestão.

As atividades descritas têm promovido grande aprendizado para os Auditores que têm aprimorado a forma com que as apurações têm sido feitas

Principal

Greice Aparecida Pires de Almeida Vieira Barros

greice1962@gmail.com

A prática foi aplicada em

Resende

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

RUA AUGUSTO XAVIER DE LIMA Nº 251 - JARDIM JALISCO

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Greice Aparecida Pires de Almeida Vieira Barros

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Gestão de saúde em Queimadas – PB: uso estratégico da informação no planejamento das ações
Paraíba
Práticas
Implantação e ampliação de Serviço Especializado em município do sertão da Paraíba
Paraíba
Práticas
Gestão de saúde de Cabedelo na implantação da nova lei de licitações: desafios e conquistas
Paraíba
Práticas
Processo de elaboração do Plano Municipal de Saúde 2022-2025- relato de experiência.
Paraíba
Práticas
INFORMATIZAÇÃO DA REGULAÇÃO MUNICIPAL COM A ATENÇÃO PRIMÁRIA COMO COORDENADORA DO CUIDADO
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da implantação de sistema de regulação de exames no Município de mendes.
Rio de Janeiro
Práticas
Ideação suicida e tentativas de suicídio: uma análise de casos do SAMU 192 no interior do estado do RJ.
Rio de Janeiro