Olá,

Visitante

APS digital como agente facilitador da qualidade de vida dos usuários

A TELEMEDICINA REFERE-SE À PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE À DISTÂNCIA, UTILIZANDO TECNOLOGIAS DE COMUNICAÇÃO PARA FACILITAR O DIAGNÓSTICO, TRATAMENTO, ACOMPANHAMENTO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE. ISSO PODE INCLUIR CONSULTAS MÉDICAS VIRTUAIS, MONITORAMENTO REMOTO DE PACIENTES, ANÁLISE DE EXAMES À DISTÂNCIA, ENTRE OUTRAS MODALIDADES. NO CONTEXTO DO SUS, A TELEMEDICINA TEM SIDO CADA VEZ MAIS UTILIZADA PARA AMPLIAR O ACESSO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE, ESPECIALMENTE DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19, QUANDO O DISTANCIAMENTO SOCIAL SE TORNOU UMA MEDIDA IMPORTANTE PARA CONTER A DISSEMINAÇÃO DO VÍRUS.

OBJETIVO GERAL:
REALIZAR ATENDIMENTO MÉDICO VIRTUAL ATRAVÉS DE PLATAFORMAS DIGITAIS NO MUNICÍPIO DE NOVA PALMEIRA A FIM DE MELHORAR O ACESSO, A EFICIÊNCIA, A QUALIDADE E A EXPERIÊNCIA DOS PACIENTES DE GRUPOS DE RISCOS, DE DIFÍCIL LOCOMOÇÃO E RESISTENTES A CONSULTA MÉDICA PRESENCIAL.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
– PERMITIR AO USUÁRIO O ACESSO AMPLIADO;
– ⁠AGILIZAR OS ATENDIMENTOS DE GRUPOS DE RISCOS E RESISTENTES A CONSULTA MÉDICA PRESENCIAL;
– ⁠POSSIBILITAR O ACOMPANHAMENTO MAIS PRÓXIMO E CONTÍNUO;
– ⁠PERMITIR INTERVENÇÕES PRECOCES;
– ⁠PROMOVER BEM-ESTAR MAIS EFICIENTE E EFICAZ.

A METODOLOGIA DE ATENDIMENTO DA CONSULTA MÉDICA DIGITAL NO MUNICÍPIO DE NOVA PALMEIRA-PB FOI ELABORADA APÓS VARIAS REUNIÕES EM EQUIPE A FIM DE DEFINIR AS ESTRATÉGIAS PARA GARANTIR UMA INTERAÇÃO EFICAZ E SEGURA ENTRE O MÉDICO E O PACIENTE.

OS PACIENTES GERALMENTE MARCAM SUAS CONSULTAS ATRAVÉS DOS AGENTE COMUNITÁRIOS DE SAÚDE QUE ACESSAM A PLATAFORMAS ONLINE, ESCOLHENDO DATAS E HORÁRIOS CONVENIENTES. APÓS O AGENDAMENTO, OS PACIENTES RECEBEM CONFIRMAÇÕES NA MESMA HORA COM SEU AGENTE DE SAÚDE O QUAL DÁ AS INSTRUÇÕES SOBRE COMO SE PREPARAR PARA A CONSULTA (POR EXEMPLO, TER INFORMAÇÕES MÉDICAS RELEVANTES À MÃO E ENTRE OUTROS).

O MÉDICO E O PACIENTE SE CONECTAM POR MEIO DE UMA PLATAFORMA SEGURA DE VIDEOCONFERÊNCIA. ESSAS PLATAFORMAS SÃO PROJETADAS PARA GARANTIR A PRIVACIDADE E A CONFIDENCIALIDADE DAS INFORMAÇÕES.

O MÉDICO REVISA O HISTÓRICO MÉDICO DO PACIENTE E REALIZA UMA ANAMNESE COMPLETA, FAZENDO PERGUNTAS SOBRE SINTOMAS, HISTÓRICO DE SAÚDE, MEDICAMENTOS EM USO, ETC.

EM ALGUNS CASOS, O MÉDICO PODE ORIENTAR O AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE PARA REALIZAR NO PACIENTE UM EXAME FÍSICO BÁSICO, COMO VERIFICAR A PRESSÃO ARTERIAL, MEDIR A TEMPERATURA CORPORAL, ETC., COM A AJUDA DE DISPOSITIVOS DOMÉSTICOS.

COM BASE NAS INFORMAÇÕES COLETADAS, O MÉDICO DISCUTE OS SINTOMAS, FAZ PERGUNTAS ADICIONAIS, SE NECESSÁRIO, E ELABORA UM DIAGNÓSTICO PRELIMINAR OU ATÉ MESMO O CHAMA PARA UMA CONSULTA PRESENCIAL, E SE FOR O CASO, MARCA UMA CONSULTA DOMICILIAR. SE NECESSÁRIO, O MÉDICO EMITE UMA PRESCRIÇÃO E FAZ ENCAMINHAMENTOS PARA ESPECIALISTAS OU EXAMES ADICIONAIS. APÓS A CONSULTA, O PACIENTE PODE RECEBER LEMBRETES DE ACOMPANHAMENTO, ORIENTAÇÕES SOBRE CUIDADOS EM CASA E ACESSO A FERRAMENTAS DE MONITORAMENTO REMOTO, SE APLICÁVEL.

O ATENDIMENTO VIRTUAL VISA PROPORCIONAR UMA EXPERIÊNCIA DE CONSULTA MÉDICA EFICIENTE, CONVENIENTE E SEGURA PARA OS PACIENTES, APROVEITANDO A TECNOLOGIA PARA SUPERAR BARREIRAS GEOGRÁFICAS E DE ACESSO AOS CUIDADOS DE SAÚDE. PERMITIR QUE PACIENTES EM ÁREAS REMOTAS, COM DIFICULDADES DE MOBILIDADE OU EM SITUAÇÕES QUE DIFICULTAM O ACESSO PRESENCIAL AOS SERVIÇOS DE SAÚDE POSSAM RECEBER ATENDIMENTO E MONITORAMENTO DE FORMA REMOTA, UTILIZANDO TECNOLOGIAS DIGITAIS, PROMOVENDO A SAÚDE E O BEM-ESTAR DE FORMA MAIS EFICAZ.APESAR DE MUITOS PACIENTES NÃO ESTAREM FAMILIARIZADOS COM A TECNOLOGIA NECESSÁRIA PARA CONSULTAS MÉDICAS DIGITAIS, OS AGENTES DE SAÚDE OFERECEM SUPORTE TÉCNICO, AJUDANDO OS PACIENTES A CONFIGURAR DISPOSITIVOS, BAIXAR APLICATIVOS E GARANTIR UMA CONEXÃO ESTÁVEL COM A INTERNET. ALÉM DISSO, OS ACS REALIZAM TRIAGENS BÁSICAS PARA DETERMINAR A GRAVIDADE DOS SINTOMAS DOS PACIENTES. COM BASE NISSO, ELES ENCAMINHAM CASOS MAIS URGENTES DIRETAMENTE PARA OS MÉDICOS, AGILIZANDO O PROCESSO DE ATENDIMENTO. APÓS A CONSULTA, OS AGENTES DE SAÚDE ACOMPANHAM OS PACIENTES PARA GARANTIR A ADESÃO AO TRATAMENTO PRESCRITO. ELES FORNECEM LEMBRETES DE MEDICAMENTOS, ORIENTAÇÕES SOBRE MUDANÇAS NO ESTILO DE VIDA E MONITORAR O PROGRESSO DOS PACIENTES.

ESTRUTURAÇÃO DO PROGRAMA COM EQUIPAMENTO E ACESSO A REDE DE INTERNET ESTÁVEL, DISTRIBUIÇÃO DE APARELHOS DE TABLET PARA ACSS, ELABORAÇÃO DE CRONOGRAMA VOLTADO A TELEMEDICINA, REGISTRO DOS ATENDIMENTOS NO PEC.

Principal

RUI ARAÚJO JÚNIOR

ruiaraujojunior@gmail.com

MÉDICO SAÚDE DA FAMÍLIA

Coautores

Rui Araújo Júnior1, Délis Pâmella de Fátima Dantas Lima, Jessica Dantas Quiulo, Iranilma Maria da Silva Dantas, Vanessa da Cunha, Maria Seneide do Nascimento, Joseane Gomes de Oliveira, Iradilza Marques Silva Virgolino, Adellys Raiana Santos Silva, Nádia Jussiane Alves Bezerra.

A prática foi aplicada em

Nova Palmeira

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

RUA ALMISA ROSA , N 237

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

DÉLIS PÂMELLA DE FÁTIMA DANTAS LIMA

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

14 abr 2024

e atualizada em

14 abr 2024

Início da Execução

09/04/2024

Condição da prática

Andamento

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba