Olá,

Visitante

Agenda odontológica, Um Instrumento para organizar o Acesso em Saúde Bucal no Município de Pereira Barreto.

A gestão municipal identificou a necessidade de reavaliar a agenda odontológica e de reorganizar o acesso em saúde bucal. A análise da satisfação do usuário, relatórios dos Conselhos Local de Saúde, discussão nas reuniões do Conselho Municipal de Saúde e nas reuniões das equipes da AB demonstravam grande insatisfação dos usuários com o agendamento das consultas odontológicas que priorizavam os grupos de riscos: gestantes, hipertensos, diabéticos, crianças e idosos. Os usuários que não pertenciam a esses grupos eram atendidos somente na urgência. As equipes se sentiam pressionadas pela população e cada uma foi estabelecendo um “jeitinho” – uma agenda diferente da pactuada, procurando diminuir a reclamação dos usuários. A proposta foi organizar uma agenda que contemplasse as necessidades da área adscrita, a partir do conhecimento das vulnerabilidades, análise epidemiológica e conhecimento do território, reorganizando o processo de trabalho das equipes da Saúde Bucal da Estratégia Saúde da Família para dar respostas à questão que frequentemente era apresentada pelos usuários à equipe da ESF: “Por que quem precisa de atendimento não é atendido? A agenda foi construída a partir do diagnóstico das necessidades existentes. Definiu-se o número de consultas de demanda espontânea e programada a serem disponibilizadas

Necessidade de reavaliar a agenda odontológica e de reorganizar o acesso em saúde bucal, devido a grande insatisfação dos usuários com o agendamento das consultas odontológicas que priorizavam os grupos de riscos. Os usuários que não pertenciam a esses grupos eram atendidos somente na urgência.

Incorporar no processo de trabalho das equipes da ESF/ESB o monitoramento dos indicadores, satisfação do usuário para adequação da agenda. Incluir esta pauta na Reunião dos Conselhos Locais de Saúde. Realização de oficinas quadrimestrais para troca de experiência entre as equipes e propostas para qualificação da agenda odontológica. Nossa experiência com a agenda odontológica será socializada com outros municípios através de oficinas na três CIRs que estão na área de abrangência da DRS Araçatuba.

Principal

Elaine G. Giovanini de Araujo - Suzumeiri T. Yamamoto

elainegiovanini@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Pereira Barreto

São Paulo

Sudeste

Instituição

AV CEL JONAS ALVES DE MELLO

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Elaine G. Giovanini de Araujo - Suzumeiri T. Yamamoto

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

03 fev 2020

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Vivência em atendimento em grupo de portadores de Diabetes Mellitus da Esf Itapuca, Resende, RJ
Rio de Janeiro
Práticas
A descentralização das ações de controle da tuberculose no município de Volta Redonda
Rio de Janeiro
Práticas
O matriciamento de cardiologia e endocrinologia no fortalecimento a atenção à doenças crônicas
Rio de Janeiro
Práticas
A expansão do processo matricial no município de Volta Redonda – uma experiência exitosa
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da equipe multidisciplinar no programa de osteoporose de Penedo – Itatiaia (RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Sensibilização da APS para o cuidado integral da população em situação de rua da cidade de Resende
Rio de Janeiro
Práticas
Coordenação do cuidado, ordenação da rede de atenção à saúde e o e-SUS AB como ferramenta de gestão
Rio de Janeiro
Práticas
Programas de provimento médico federais: estratégias de monitoramento e avaliação municipais
Rio de Janeiro