Olá,

Visitante

A Participacão Social e a Melhoria da Qualidade e Acesso da Atenção Básica: Experiências da Comunidade Foz de Canumã – Borba, Amazonas

A Comunidade Foz de Canumã, com população estimada em 3179 habitantes, representa 28% da população rural de todo município de Borba/AM, com uma taxa média de crescimento anual em torno de 5.8%. Possui organização social estruturada, dispondo de escola municipal e estadual, centro sócio-recreativo, igreja católica e protestante, energia elétrica com abastecimento por 24 horas.A atividade econômica da localidade é voltada para a agricultura familiar e de subsistência, além de pequenas produções/plantações e pescado.A comunidade possui Unidade Básica de Saúde, inaugurada em 2006, pela Prefeitura de Borba e Secretaria Estadual de Saúde, durante a gestão do Governador Eduardo Braga.Atualmente, cerca de 681 famílias estão cadastradas ao programa ESF e recebem atendimento médico, odontológico e de enfermagem, visitas domiciliares dos agentes comunitários de saúde e assistência itinerante, através viagens fluviais ao longo do ano, para os rios Sucunduri, Acari, Abacaxi e Camarão. A partir da adesão da Gestão Municipal ao Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica – PMAQ/MS, em Novembro/2011, as equipes de saúde da família passaram a implementar ferramentas de auto-avaliação dos processos de trabalho, a fim de atingir as metas de desempenho propostas pelo programa.O PMAQ visa induzir a ampliação do acesso e a melhoria da qualidade da atenção básica, com garantia de um padrão de qualidade comparável nacional, regional e localmente, de maneira a permitir maior transparência e efetividade das ações governamentais direcionadas à Atenção Básica em Saúde em todo o Brasil.A auto-avaliação, nesse sentido, busca contribuir decisivamente com o objetivo de qualificar a atenção à saúde, promovendo a construção de processos estruturados e sistemáticos, coerentes com os princípios do SUS, aliando a participação social dos usuário para consolidação das melhorias.a) Objetivos e metas da experiência desenvolvida: Geral:Descrever as ações de participação e controle social no processo auto-avaliativo de melhoria da qualidade e acesso da Atenção Básica na Comunidade Foz de Canumã/Borba-AM.Específicos:- Relatar as etapas de adesão da equipe da UBS e da comunidade ao processo avaliativo

Qualificar a atenção à saúde, promovendo a construção de processos estruturados e sistemáticos, coerentes com os princípios do SUS, aliando a participação social dos usuários para consolidação das melhorias.

Não se trata de uma metodologia definida para melhorias. Trata-se de reorganização dos processos de trabalho na unidade proposto pelo PMAQ, identificando a provável causa dos problemas e soluções exequíveis. Além disso, houve incentivo ao engajamento dos atores sociais e representantes dos usuários para a gestão participativa, que consolide os princípios de universalidade do acesso e compromisso com o controle social. O empoderamento da comunidade requer um trabalho conjunto de diversos setores do poder público, sendo esta experiência relatada uma oportunidade, por meio de um serviço de saúde.

Principal

Anderson da Paz Penha

A prática foi aplicada em

RJ

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Borba

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Anderson da Paz Penha

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba
Práticas
Humanização na prática do cateterismo vesical de demora na atenção básica.
Paraíba
Práticas
Metodologias ativas no processo de atualização de profissionais de saúde: relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Incluir e apreender: parceria entre saúde e educação no acompanhamento multidisciplinar
Paraíba
Práticas
V amostra Paraíba, aqui tem SUS
Paraíba
Práticas
Autonomia reprodutiva: empoderamento de mulheres em vulnerabilidade através da inserção do DIU
Paraíba