Olá,

Visitante

A Parceria Entre Secretarias de Sáude e Educação em Estrategias de Vacinação Contras Doenças Imunopreviniveis do Município de Serra Talhada – Pe

Categoria não especificada

O presente estudo foi realizado no Município de Serra Talhada – PE, que fica a 405 km² do Recife. O município é composto de aproximadamente 92.000 habitantes, de acordo com o Censo do IBGE de 2022. Os serviços de saúde formam uma complexa rede de atividades para intervir sobre as doenças imunopreveníveis e promover a saúde da população sendo adotadas várias estratégias no país. Uma dessa é o Programa Nacional de Imunização (PNI) instituído no Brasil para combater as doenças transmissíveis, Atualmente, 48 varieades são distribuídos anualmente pelo PNI (vacinas, imunobiológicos especiais, soros e imunoglobulinas), sendo 20 vacinas oferecidas às crianças, adolescentes, adultos, idosos e gestantes conforme o Calendário Nacional de Vacinação. O Programa foi criado em 1973, e oferece um conjunto ampliado de imunobiológicos, que são substâncias capazes de induzir a imunidade. Sua implantação e implementação concedeu avanços sobre o controle das doenças imunopreveníveis, através do Ministério da Saúde – responsável pela aquisição, distribuição e coordenação das ações de vacinação do PNI. O Município contém 55 escolas Municipais, A matrícula de alunos, nas Escolas Municipais de Educação Infantil de Serra Talhada no ano 2023, estava vinculada à apresentação da declaração da vacinação atualizada, para incentivar os pais a manterem atualizado o calendário de imunizações das crianças. O objetivo foi comparar dos dados obtidos no SIPNIWEB, PEC e SISAB das Coberturas vacinais do ano de 2022 e o de 2023 no período janeiro e fevereiro. O município de Serra Talhada contém 24 salas de vacinas, uma única sala de vacina realizou 2000 declarações, para o público de pré-escolar até fundamental. Os Resultados obtidos janeiro e fevereiro o valor total de vacinados foi 6329 doses realizadas no Município no ano 2022 e no ano 2023 nos mês de janeiro e fevereiro o valor total 8428 doses. Mostra um aumento de 24,91% (2099) de doses em relação aos ano 2022. Conclui que com a declaração escolar no ato da matricula a respeito da situação vacinal do aluno, mostrou um aumento de vacinados no ano 2023, visto que a estratégia da declaração de vacinação do aluno no ato da matricula evidenciou um aumento em relação ao ano anterior e com a eficácia de imunizar nossas crianças e aumentar as coberturas vacinais.

Para o aumento das coberturas e necessário que haja campanhas tanto nas escolas como também nas Unidades de Saúde da Família (USF), como método de chamar a atenção da população e mostrar a importância de se imunizar.

Para o aumento das coberturas e necessário que haja campanhas tanto nas escolas como também nas Unidades de Saúde da Família (USF), como método de chamar a atenção da população e mostrar a importância de se imunizar.

Destacamos que o objetivo principal do Programa é de oferecer todas as vacinas com qualidade a todas as crianças que nascem anualmente em nosso país, tentando alcançar coberturas vacinais de 95% de forma homogênea em todos os municípios e em todos os bairros. E para alcançar essa cobertura com exatidão é necessário que haja um posicionamento do município em relação à imunização e também da conscientização da população para se imunizar, deve haver uma parceria de ambas as partes para o fortalecimento das coberturas para que a cada ano essa cobertura venha alcançar números positivos.

Principal

LISBETH ROSA DE SOUZA LIMA ARAUJO

Coautores

CIBELLY DE SOUZA BRANDÃO, CLARISSA NOVAIS VALGUEIRO BARROS, GABRIEL JOVINO NASCIMENTO SILVA

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.
Paraíba
Práticas
Relato de experiência: humanização na atenção ao usuário no pronto atendimento de Pilar (PB))
Paraíba
Práticas
Implantação de laserterapia na rede de atenção à saúde de Pilar (PB): relato de experiência
Paraíba
Práticas
Paciente protagonista de sua terapia: o cuidado farmacêutico com pacientes atendidos no CAPS de Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Atenção e cuidado ao paciente portador de feridas no SUS em Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Quando a saúde vai além dos muros das UBS
Rio de Janeiro