Olá,

Visitante

A Intersetorialidade: a Experiência com o Trabalho Profissional dos Assistentes Sociais nas Politicas Sociais.

Através dos interesses compartilhados e de situações vivenciadas por determinada parcela da população torna-se possível à compreensão do ser humano inserido no âmbito social, além das possibilidades de intervenções. Neste sentido, a necessidade de otimização da rede de Assistentes Sociais no atendimento social possibilitando um atendimento com maior qualificação de forma a aprimorar a utilização dos recursos disponíveis, tendo como resultado o atendimento humanizado e maior adesão dos usuários aos serviços.Deste modo, a partir da estrutura referente ao atendimento em rede, o atendimento em rede se constitui pela articulação em torno de interesses comuns, com expectativas e valores culturais compartilhados, os quais realizam ações complementares em um processo unitário e coerente de decisões, estratégias e esforços. Dessa forma vislumbra-se o exercício da cidadania nas suas diferentes vertentes e as relações, assim como os atendimentos sociais passam a ter novos significados.Portanto, pode-se melhor compreender a importância da interação significativa entre as organizações, grupos e indivíduos vinculados às ações além dos movimentos reivindicatórios, visando à mobilização de recursos, o intercâmbio de dados, a efetivação das categorias profissionais, que facilita a viabilização do fluxo de informações, juntamente às intervenções sociais passíveis de maior sucesso.

•

Diante da experiência vivenciada no município de Queimadas-PB, a Rede Municipal de Assistentes Sociais (REMAS), recomendamos a outros municípios replicar nosso projeto de acordo com a realidade vivenciada por seus profissionais. com propósito do desenvolvimento coletivo de estratégias para um efetivo trabalho interdisciplinar, com realização de momentos de capacitação técnica, aumentando a difusão e disseminação de conhecimento através da troca de vivências com o intuito de promover um atendimento qualificado e humanizado.

Principal

Maria José Cesario de Lima Gomes

rejailmagomes@gmail.com

A prática foi aplicada em

Queimadas

Paraíba

Nordeste

Severino Bezerra Cabral

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Maria José Cesario de Lima Gomes

rejailmagomes@gmail.com

10 maio 2015

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Estágio na Comunidade: Ações de Educação em Saúde Realizadas na Comunidade Vale da Cachoeira no Municipio de Palmas/To
Tocantins
Práticas
Projeto Cuidar de Quem Cuida
Pará
Práticas
Reorganização da Atenção Primária do Município de Canaã dos Carajás- Pará, Através da Implantação do Acolhimento À Demanda Espontânea e Prontuário Eletrônico do Cidadão Integrado
Pará
Práticas
Educação em Saúde Ferramenta Primordial na Esf Hiperdia
Pará
Práticas
Linguinha solta assegurando um futuro saudável e sustentável
Goiás
Práticas
Incentivando o mais simples em busca de melhores resultados – aleitamento materno
Goiás
Práticas
Projeto Samu nas escolas – lei Lucas nas escolas da rede municipal de educação de São Luís
Maranhão
Práticas
Programa Saúde na Escola em Meio a Pandemia Covid-19: Experiência Exitosa em Benedito Novo – Sc
Santa Catarina
Práticas
Literacia para a Saúde na Puericultura odontológica: Experiência de Tele orientações na Aps.
Santa Catarina
Práticas
Impacto da Pandemia da Covid-19 na Educação Básica