Olá,

Visitante

A importância da implantação da Casa da Gestante de Tianguá na redução da mortalidade infantil no município: relato de experiência

O preparo da mulher para o momento de parir é uma importante etapa no processo de cuidar da mulher/mãe, pois dar à luz de forma natural a um bebê saudável é uma das experiências mais intensas da vida de uma mulher. A boa vivência desse momento, a qualidade da atenção prestada durante a gravidez, o parto e após o nascimento podem ter efeitos marcantes sobre a vida da mãe e do bebê. Uma assistência humanizada ao parto e ao nascimento se fundamenta no respeito, na dignidade e autonomia das mulheres e das crianças.

No Brasil, uma das estratégias ministeriais mais recentes para melhoria à saúde da mulher, incluída a atenção voltada à gestante de risco, é a rede cegonha, tendo em vista a busca constante na melhoria da qualidade da assistência e oferta de serviços ao parto e nascimento, o governo federal lançou em 2011, que institui, no âmbito do sistema único de saúde – SUS a Rede Cegonha, que é uma estratégia que vem proporcionar saúde às mulheres, qualidade de vida e bem-estar durante a gestação, parto, pós-parto e o desenvolvimento da criança até os dois primeiros anos de vida, tem como objetivo reduzir a mortalidade materna e infantil e garantir os direitos sexuais e reprodutivos de mulheres, jovens e adolescentes (Brasil, 2011).

Ressaltar que a taxa de mortalidade infantil obteve uma queda significativa após a implantação da referida casa, sendo em 2013 = 21/1000 e em 2014=15/1000, contudo a existência desse ambiente evita a internação no hospital e contribui para a otimização dos leitos de gestação de alto risco dentro das maternidades.
Após a implantação da Casa da Gestante Municipal, e a partir de interesse e necessidades demonstrados pelos (oito) municípios que compõem a região da Ibiapaba, estamos elaborando uma proposta de habilitar a casa da gestante a partir da necessidade de organização e melhoria da qualidade de atenção à saúde na gestação de risco habitual e alto risco objetivando a redução da mortalidade materna e neonatal com acesso à informação, atenção qualificada, segura e humanizada nas maternidades brasileiras.

Principal

Paulo Romão Ribeiro da Silva

A prática foi aplicada em

Tianguá

Ceará

Nordeste

Esta prática está vinculada a

AV. MOISÉS MOITA, Nº 785 - PLANALTO

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Paulo Romão Ribeiro da Silva

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

12 maio 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba
Práticas
Estratégias de imunização em município do interior da Paraíba resulta em 1º lugar no estado durante campanha de influenza 2024 : relato de experiência
Paraíba