Olá,

Visitante

A Importância da Implantação da Casa da Gestante de Tianguá na Redução da Mortalidade Infantil no Município: Relato de Experiência

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA Ressaltar que a taxa de mortalidade infantil obteve uma queda significativa após a implantação da referida casa, sendo em 2013 = 21/1000 e em 2014=15/1000, contudo a existência desse ambiente evita a internação no hospital e contribui para a otimização dos leitos de gestação de alto risco dentro das maternidades.

O preparo da mulher para o momento de parir é uma importante etapa no processo de cuidar da mulher/mãe, pois dar à luz de forma natural a um bebê saudável é uma das experiências mais intensas da vida de uma mulher. A boa vivência desse momento, a qualidade da atenção prestada durante a gravidez, o parto e após o nascimento podem ter efeitos marcantes sobre a vida da mãe e do bebê. Uma assistência humanizada ao parto e ao nascimento se fundamenta no respeito, na dignidade e autonomia das mulheres e das crianças.No Brasil, uma das estratégias ministeriais mais recentes para melhoria à saúde da mulher, incluída a atenção voltada à gestante de risco, é a rede cegonha, tendo em vista a busca constante na melhoria da qualidade da assistência e oferta de serviços ao parto e nascimento, o governo federal lançou em 2011, que institui, no âmbito do sistema único de saúde – SUS a Rede Cegonha, que é uma estratégia que vem proporcionar saúde às mulheres, qualidade de vida e bem-estar durante a gestação, parto, pós-parto e o desenvolvimento da criança até os dois primeiros anos de vida, tem como objetivo reduzir a mortalidade materna e infantil e garantir os direitos sexuais e reprodutivos de mulheres, jovens e adolescentes (Brasil, 2011).

Após a implantação da Casa da Gestante Municipal, e a partir de interesse e necessidades demonstrados pelos (oito) municípios que compõem a região da Ibiapaba, estamos elaborando uma proposta de habilitar a casa da gestante a partir da necessidade de organização e melhoria da qualidade de atenção à saúde na gestação de risco habitual e alto risco objetivando a redução da mortalidade materna e neonatal com acesso à informação, atenção qualificada, segura e humanizada nas maternidades brasileiras.

Principal

Paulo Romão Ribeiro da Silva

A prática foi aplicada em

Tianguá

Ceará

Nordeste

Instituição

Av. Moisés Moita

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Paulo Romão Ribeiro da Silva

Conta vinculada

emanoel.filho@fiocruz.br

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Vivência em atendimento em grupo de portadores de Diabetes Mellitus da Esf Itapuca, Resende, RJ
Rio de Janeiro
Práticas
A descentralização das ações de controle da tuberculose no município de Volta Redonda
Rio de Janeiro
Práticas
O matriciamento de cardiologia e endocrinologia no fortalecimento a atenção à doenças crônicas
Rio de Janeiro
Práticas
A expansão do processo matricial no município de Volta Redonda – uma experiência exitosa
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da equipe multidisciplinar no programa de osteoporose de Penedo – Itatiaia (RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Sensibilização da APS para o cuidado integral da população em situação de rua da cidade de Resende
Rio de Janeiro
Práticas
Coordenação do cuidado, ordenação da rede de atenção à saúde e o e-SUS AB como ferramenta de gestão
Rio de Janeiro