Olá,

Visitante

A Implementação da Ferramenta de Business Intelligence – Bi no Auxilio do Monitoramento de Cobertura Vacinal e Busca Ativa

Categoria não especificada

A queda frente a cobertura vacinal do município, fez com que fossem buscadas alternativas e estratégias para o alcance das metas. Além das estratégias operacionais contínuas, como a qualificação constantemente das equipes técnicas, promoção de ações de sensibilização a população, parcerias com a Secretaria de Educação e outras instituições, na busca de ampla participação social, com intuito de garantir que toda a população tenha acesso às vacinas. O município de Joinville implementou a ferramenta de Business Intelligence – BI no auxílio do monitoramento de cobertura vacinal e busca ativa. O uso da ferramenta permite o acompanhamento da cobertura vacinal em tempo real, em todas as unidades de saúde, bem como na rede privada, permitindo que cada equipe faça gestão de busca ativa dos faltosos de maneira ágil e planejamento de ações estratégicas. Além disso, para a gestão, é possível acompanhar as coberturas em visões macro e micro, sugerir alterações de processos de trabalho, e validar essas alterações, bem como, propor ações direcionadas a cada território na busca por soluções eficazes, para o aumento da cobertura vacinal. A implementação da ferramenta vem como mais uma estratégia que favorece a integração entre as ações de Vigilância em Saúde e Atenção Básica e com potencial para repercutir positivamente no aumento das coberturas vacinais.

Em Joinville, assim como em todo país, tem-se identificado uma significativa redução nas coberturas vacinais nos últimos anos. A pandemia da COVID-19 impactou as ações de imunização, embora a baixa procura pelas vacinas também possa ser explicada pela falsa sensação de segurança causada pela diminuição e/ou ausência de doenças imunopreveníveis (exemplo: casos de poliomielite, varicela, sarampo, tétano e muitas outras), movimento antivacinas, desconhecimento da importância da vacinação, falsas notícias (fake news) veiculadas, especialmente nas redes sociais.

Uma das Estratégias de Fortalecimento das Ações de Imunização, foi a implementação de Business Intelligence – BI no auxílio do monitoramento de cobertura vacinal e busca ativa, a ferramenta foi escolhida já que se conecta facilmente a diversos bancos de dados e arquivos já utilizados por diversos setores. O uso da ferramente permite o acompanhamento da cobertura vacinal em tempo real, em todas as unidades de saúde, bem como na rede privada, permitindo que cada equipe faça gestão de busca ativa dos faltosos de maneira ágil e planejamento de ações estratégicas. Além disso, para a gestão, é possível acompanhar as coberturas em visões macro e micro, sugerir alterações de processos de trabalho, e validar essas alterações, bem como, propor ações direcionadas a cada território na busca por soluções eficazes, para o aumento da cobertura vacinal.

Muitas estratégias já foram viabilizadas e incentivadas sobre as coberturas vacinais, com certo avanço, mais ainda se faz necessário a busca incessante e contínua por alternativas que modifiquem a atual realidade. A implementação da ferramenta vem como mais uma estratégia que favorece a integração entre as ações de Vigilância em Saúde e Atenção Básica e com potencial para repercutir positivamente no aumento das coberturas vacinais, visto que a imunização é uma das intervenções de saúde mais custo efetivas implementadas no curso da história.

Principal

Nicoli Janaina dos Anjos

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Ações intersetoriais: integrando estratégias no combate às arboviroses na cidade de Belém do Brejo da Cruz (PB)
Paraíba
Práticas
Os caminhos para alcançar os indicadores de desempenho do Previne Brasil pelo município de Bom Jesus (PB)
Paraíba
Práticas
Re(h)abilitando a interdisciplinaridade e o cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba