Olá,

Visitante

A expansão das práticas integrativas na cidade do Recife

As práticas integrativas iniciaram oficialmente o seu serviço no município de Recife em 2004 antes mesmo da política nacional em PICS, por via da Unidade de Cuidados Integrais em Saúde (UCIS) Guilherme Abath, alocada no Distrito Sanitário 2. Mediante as ações estratégicas e articulações políticas tornou-se possível no ano de 2011 a criação do Núcleo de Apoio as Práticas Integrativas (NAPI), que vem articulando e levando as terapêuticas a outros territórios do município, e neste mesmo ano a criação de uma segunda unidade a UCIS SIS – Serviço Integrado de Saúde, situada no Distrito sanitário 4. Para os serviços em PICS alcançar as demais regiões da cidade a Política Municipal de Práticas Integrativas (PMPIC), vem realizando grandes formações distritais de 12 terapêuticas diferentes para os profissionais de saúde da atenção básica, expandindo o acesso das PICS as unidades de saúde da família e demais políticas como NASF, PAC entre outras. Atualmente a PMPIC Recife vem investido na requalificação das suas unidades e serviço, na expansão via os cursos de formação e trabalhando na criação da farmácia viva tipo 3, que visa fornecer medicamentos fitoterápicos para a rede municipal de saúde.

É crescente a procura por atendimentos nas práticas integrativas tanto pelos usuários que buscam superação de seus adoecimentos e melhor qualidade de vida, como pelos profissionais de saúde que percebem o esgotamento da resolutividade dos métodos comuns derivados da biomedicina. No município de Recife não é diferente, contudo mesmo tendo um serviço e uma política municipal em PICS estabelecida não é o suficiente para toda a busca que surge pelas terapêuticas. A situação agrava por ser uma política pública que não possui recurso indutor do ministério da saúde, deixando todos os encargos ao munícipio. Desta forma se faz necessário a expansão ao acesso a esta forma humanizada de se fazer saúde mesmo em condições de recursos desfavoráveis.

Urge a necessidade de financiamento próprio para a implementação e expansão das PICS. Tal medida irá expandir contundentemente os serviços em práticas integrativas não apenas em Recife mais em todo o país.

Principal

Nícolas Augusto Alves Daniel

t3nick.n@gmail.com

A prática foi aplicada em

Recife

Pernambuco

Nordeste

Esta prática está vinculada a

Av. Cais do Apolo, 925, Bairro do Recife, Recife / PE

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Nícolas Augusto Alves Daniel

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

22 maio 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Mindfulness, uma estratégia para redução da ansiedade e manejo de peso
Rio Grande do Sul
Práticas
As PICS como ferramenta potencializadora no cuidado a saúde do trabalhador
Paraíba
Práticas
Práticas integrativas em um grupo tereapêutico “equilíbrio das emoções”
Paraíba
Práticas
Auriculoterapia uma práticas integrativas: como alternativa complementar no tratamento da ansiedade
Paraíba
Práticas
IMPLANTAÇÃO DE PRÁTICA INTEGRATIVA E COMPLEMENTAR NA REDE DE ATENÇÃO A SAÚDE DE QUEIMADAS-PB
Paraíba
Práticas
A terapia comunitária integrativa como inclusão e bem-estar na terceira idade.
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação do Centro de Referência em MTC e Práticas Integrativas no Município de Duque de Caxias
Rio de Janeiro
Práticas
Planejamento orientativo do CTA/SAE Juara – MT, sobre protocolo de PEP às farmácias do Vale do Arinos.
Mato Grosso