Olá,

Visitante

A Construção Coletiva na Conferência Municipal de Saúde de Canoas – 2015: Modelo de Planejamento

A eficiência da Conferência Municipal de Saúde se deve à participação efetiva da população durante seu desenvolvimento. Este fato está em sintonia com as diretrizes básicas do Sistema Único de Saúde e tem importância crucial no fortalecimento do controle social. Sua elaboração ocorreu através de construção coletiva, de forma participativa e teve representação de todos os segmentos da sociedade, por entender que o plano é para o município e as ações multissetoriais, necessitam de amplo debate com toda a comunidade.Ocorreram reuniões entre as diversas áreas da administração pública, Conselho Municipal de Saúde e comunidade, para a realização de todos os processos e formulação da mesma, alinhada com as esferas estadual e nacional. Ocorreram quatro Pré-Conferências, contemplando toda a extensão do município, com o objetivo de apresentar e debater as proposições a serem encaminhadas à Conferência Municipal.Atores envolvidos:O Comitê Executivo, coordenado pelo Conselho Municipal de Saúde e Secretário Municipal de Saúde, contou com representantes de Conselheiros de saúde, Movimento Comunitário, trabalhadores, setor empresarial, Economia Solidária, Pastoral da Criança, Câmara Municipal de Canoas e Poder Executivo Municipal, incluindo as Secretarias Municipais e Coordenadorias. Houve a participação de outras Secretarias, tais como, Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, Secretaria Municipal de Relações Institucionais e Monitoramento, Coordenadorias do Idoso, da Mulher, da Igualdade Racial, da Diversidade e da Pessoa com Deficiência, entre outras. Houve colaboração dos servidores da prefeitura, comunidade, escolas, universidades, igrejas e demais grupos.Cabe destacar a ampla participação da comunidade em todas as etapas.

Construção da Conferência Municipal de Saúde conscientizando a população da importância de sua participação no processo e no reconhecimento sobre as repercussões positivas em ações futuras.

A partir desta experiência exitosa esperamos crescimento exponencial na mobilização popular, frente a ações, projetos e programas a serem desenvolvidos em prol da saúde, fortalecendo assim o controle social.

Principal

Eloir Antonio Vial

eloir.vial@canoas.rs.gov.br

A prática foi aplicada em

Canoas

Rio Grande do Sul

Sul

Instituição

RUA DR BARCELOS Nº 1600 - CENTRO

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Eloir Antonio Vial

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

01 jan 2020

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Conselho itinerante:fortalecendo o controle social em Junco do Serido-PB
Paraíba
Práticas
Oficina de Culinária Afeto e Sabor
Paraíba
Práticas
Aproximando a Comunidade com a Gestão da Atenção Primária em Saúde
Rio de Janeiro
Práticas
Gestão Estratégica e Participativa no SUS: Implantando Novas Instâncias Deliberativas no Município Paulo Jacinto – Al
Alagoas
Práticas
Importância da Conferência Municipal de Saúde para o Fortalecimento da Participação da Comunidade na Defesa do SUS.
Paraíba
Práticas
Participação Popular na Estratégia Saúde da Família em Petrópolis-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Roda de Conversa com As Famílias: Cuidando de Quem Cuida
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação de Colegiado Gestor nas Unidades de Saude da Família de Japeri-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Controle Social e Saúde do Trabalhador: a Experiência Regional do Conselho Gestor do Cerest- Pólo Duque de Caxias – Rj
Rio de Janeiro
Práticas
A Experiência do 1º Curso de Capacitação para Conselheiros de Saúde e Membros das Comissões Intersetoriais de Saúde do Trabalhador (Cists) Sobre a Temática da Saúde do Trabalhador do Cerest- Pólo Duqu
Rio de Janeiro