Olá,

Visitante

“Cuidar de Quem Cuida!”

As mulheres predominam na população brasileira, de acordo com o IBGE 2010, as mulheres perfazem um total de 51% e são as principais usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS). A humanização e a qualidade da atenção em saúde são condições essenciais para que as ações de saúde se traduzam na resolução dos problemas identificados, na satisfação das usuárias, no fortalecimento da capacidade das mulheres frente à identificação de suas demandas, no reconhecimento e reivindicação de seus direitos e na promoção do autocuidado. As histórias das mulheres na busca pelos serviços de saúde expressam discriminação, frustrações e violações dos direitos e aparecem como fonte de tensão e mal-estar psíquico-físico. Por essa razão, a humanização e a qualidade da atenção implicam na promoção, reconhecimento, e respeito aos seus direitos humanos, dentro de um marco ético que garanta a saúde integral e seu bem-estar.

Promover a melhoria das condições de vida e saúde das mulheres trabalhadoras da secretaria municipal de saúde. Contribuir para a redução da morbidade destas trabalhadoras devido a doenças psicossomáticas. Ampliar e humanizar a atenção integral à saúdSão realizados encontros quinzenais com grupos de até 50 trabalhadoras onde serão aplicados exercícios em grupo, exercícios em duplas, jogos, trocas de experiências, palestras, elevação da auto estima, workshops, meditação, auto massagem, dança, grupos de watsapp, interações com o facilitador, discussões e tarefas a serem realizadas entre os encontros para complementar o aprendizado. Cada encontro tem duração de 2 horas, sendo 9 encontros , 8 semanais e 1 final de semana (imersão), possui um tema no qual o facilitador e os participantes centram a atenção.

Humanizar e qualificar a atenção em saúde é aprender a compartilhar saberes e reconhecer direitos. A atenção humanizada e de boa qualidade implica no estabelecimento de relações entre sujeitos, seres semelhantes, ainda que possam apresentar-se muito distintos conforme suas condições sociais, raciais, étnicas, culturais e de gênero. Dentro da perspectiva de buscar compreender essa heterogeneidade de multifatores, que a SMS trouxe a implantação do Projeto “CUIDAR DE QUEM CUIDA!.

Principal

Ideiasus/Conasems

saudebataguassu@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Bataguassu

Mato Grosso do Sul

Centro-Oeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus/Conasems

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

07 jun 2016

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba
Práticas
Estratégias de imunização em município do interior da Paraíba resulta em 1º lugar no estado durante campanha de influenza 2024 : relato de experiência
Paraíba