Olá,

Visitante

Fiocruz lança curso online e gratuito sobre introdução ao SUS

Formação é especialmente voltada a profissionais, gestores públicos, conselheiros e estudantes de saúde

Leitura: 3 minutos

O que foi o movimento da reforma sanitária brasileira? A organização da atenção e das vigilâncias em saúde é uma temática do seu interesse? Quais os princípios, diretrizes e condições estruturais do sistema de saúde do nosso país? Se você quer aprender como foi organizado um dos maiores sistemas de saúde públicos do mundo, de caráter gratuito e universal, conheça o novo curso do Campus Virtual Fiocruz: Introdução ao SUS. Assim como nosso Sistema Único de Saúde, o curso é aberto e gratuito! A formação tem carga horária de 60 horas e é especialmente voltada a profissionais de saúde, gestores públicos, conselheiros de saúde, além de estudantes de pós-graduação e graduação do campo da saúde e outras pessoas que queiram conhecer mais sobre esse sistema. Ele foi desenvolvido com a participação de diferentes unidades da Fiocruz — Ensp, EPSJV, CEE, Fiocruz Minas Gerais e IFF —, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e da Rede Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, além do apoio do Ministério da Educação (MEC). As inscrições estão abertas!

Inscreva-se já!

O SUS é uma conquista da sociedade brasileira, fruto de décadas de luta pelo direto à saúde no país, associada à defesa da democracia e de uma concepção abrangente de Seguridade Social. O novo curso apresenta o sistema de saúde do Brasil, seus princípios, diretrizes, avanços e desafios em 35 anos de implementação. Seu material está organizado em três módulos: O primeiro aborda de forma breve a história de criação do SUS, com ênfase no movimento sanitário dos anos de 1980, seus princípios e diretrizes. Em seguida, traz um balanço de sua implementação, considerando uma série de dimensões estratégicas, como o complexo econômico-industrial em saúde, as relações público-privadas no setor, a descentralização, o financiamento, o trabalho e a educação em saúde, e a participação social. Já o terceiro módulo enfoca a organização das ações e serviços de saúde, com ênfase na atenção primária, na vigilância em saúde e na vigilância sanitária.

O curso está sob a coordenação da vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação da Fiocruz, Cristiani Vieira Machado, que é docente da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz), juntamente com a também pesquisadora da Escola, Luciana Dias Lima, que atualmente ocupa o cargo de vice-diretora de Pesquisa e Inovação Ensp. Cristiani destacou que o curso, neste momento, está sendo ofertado na modalidade autoinstrucional e pode ser feito por qualquer pessoa interessada em conhecer um pouco mais sobre o SUS. No entanto, para 2024, a previsão é que ele seja ofertado também como uma disciplina transversal para os programas de pós-graduação da Fiocruz de todo o país. “Com isso, nossa ideia é que todos os estudantes da Fundação, independente da área de especialidade dentro do grande campo da saúde, tenham conhecimento sobre nosso Sistema Único de Saúde, seus princípios, diretrizes e especialmente compreendam seu funcionamento, problemas, limites e desafios a serem enfrentados”, reforçou ela.

A vice-presidente detalhou ainda a amplitude do conteúdo do curso e seu público. Segundo Cristiani, a formação pode ser utilizada em diferentes disciplinas em combinação com uma determinada proposta pedagógica para estudantes de pós-graduação e graduação; e também pode ser apropriado como uma disciplina transversal a outros cursos mais amplos; além da forma autoinstrucional. “Com o curso esperamos contribuir para uma maior qualificação dos profissionais de saúde que estão sendo formados e dos que já estão atuando em serviços. Que eles possam compreender melhor quais são os grandes obstáculos e dilemas desse Sistema e, assim, contribuir para o seu fortalecimento”.

A formação conta com um rico conteúdo composto de inúmeros Recursos Educacionais Abertos, como vídeos, glossário, podcasts e materiais complementares. Este curso traz como novidade a implantação do Vocabulário Brasileiro de Libras (VLibras), um conjunto de ferramentas que traduz automaticamente conteúdos em português para a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Ele foi desenvolvido pelo governo brasileiro em parceria com universidades e instituições de pesquisa, e tem como objetivo facilitar a comunicação e o acesso à informação para pessoas surdas.

Conheça a estrutura do curso Introdução ao SUS:

  • Módulo I – Movimento sanitário, criação e configuração do SUS

Aula 1.1 – Origens do SUS: movimento da reforma sanitária e processo constituinte (1970 a 1980)
Aula 1.2 – SUS: princípios, configuração e aspectos-chave

  • Módulo II – Condições estruturais para o desenvolvimento do SUS

Aula 2.1 – Desenvolvimento e saúde: a abordagem do complexo econômico-industrial da saúde
Aula 2.2 – O público e o privado na provisão de serviços de saúde
Aula 2.3 – Descentralização, regionalização e relações intergovernamentais na gestão do SUS
Aula 2.4 – Financiamento do SUS
Aula 2.5 – Formação e gestão da força de trabalho em saúde
Aula 2.6 – Representação, movimentos sociais e participação social no SUS
Aula 2.7 – Educação e formação profissional em saúde

  • Módulo III – Organização da atenção e das vigilâncias em saúde

Aula 3.1 – Organização da atenção à saúde: APS e redes
Aula 3.2 – A vigilância em saúde no SUS
Aula 3.4 – A vigilância sanitária no SUS

Por Isabela Schincariol (Campus Virtual Fiocruz), publicado originalmente em 27/11/2023, no site do Campus Virtual Fiocruz.

Gostou? Compartilhe clicando abaixo

Palavras-chave

Você pode se interessar também