Olá,

Visitante

Vacinação nas Escolas do Município de Petrópolis, RJ

A Vacinação é uma das medidas mais efetivas e de menor custo para prevenir a incidência de várias doenças e, assim, reduzir a mortalidade. A vacina é considerada, por especialistas, como uma das maiores descobertas da ciência. Graças a ela, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de três milhões de vidas são poupadas por ano. No Brasil a cobertura vacinal vem diminuindo, especialmente no público infantil, fazendo com que doenças como poliomielite e sarampo voltem a se manifestar, podendo causar sequelas e até mesmo, levar à morte.
O Programa Saúde na Escola (PSE) é de suma importância para resgatar a cobertura vacinal, uma vez que ele tem, como uma de suas ações, a verificação vacinal, levando educação em saúde para o ambiente escolar. O PSE atua sob o viés da intersetorialidade, e tem a finalidade de contribuir para a formação integral dos estudantes da rede pública de educação básica, por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde.

O Objetivo inicial era aumentar a cobertura vacinal do COVID 19 nas unidades escolares para alunos da rede pública, assim como para os profissionais da educação, como também, foi aberto aos familiares.
Em um segundo momento, também foram incorporadas, além da vacina Covid 19, vacinas do Plano Nacional de Imunização PNI (vacinas de rotina).

Inicialmente foi ofertado a secretaria de educação uma equipe do PSE, composta de enfermeiras e técnica habilitadas em administrar vacina itinerante no Município de Petrópolis. O contato foi realizado através da Área técnica de saúde com a Secretaria de Educação na figura das gestoras responsáveis pelo PSE e o busca ativa escolar.
A Secretaria de Educação disponibilizou a relação das escolas que aderiram a ação da equipe de vacinação do Pse. O agendamento foi realizado pela equipe do PSE através do contato telefônico com a unidade escolar, sendo a 1ª escola agendada para julho de 2022.
Essa ação foi feita por meio de uma parceria estabelecida entre a Vigilância Epidemiológica, a Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria Municipal de Saúde do Município de Petrópolis.
Durante o ano de 2022 foram ofertadas somente a vacina contra a COVID 19 perfazendo o total de 2497 pessoas imunizadas.
No ano de 2023 a ação foi continuada com a ampliação das vacinas obrigatórias do PNI, com total de 655 doses aplicadas.
Para a realização da ação foram enviados termo de autorização para a vacinação sem a presença de responsável (caso de adolescentes), ou termo de consentimento de vacinação na presença de outro responsável que não os pais e/ou tutores, não esquecendo de estar devidamente preenchido junto com a caderneta vacinal e identificação do estudante.

A adesão, principalmente à vacinação ao Covid 19 foi satisfatória imunizando em 2497 indivíduos no ano de 2022. A equipe responsável qualificou-se para realizar, além da vacinação Covid 19, as vacinas do calendário vacinal, permitindo assim um aumento da cobertura vacinal no Município, sendo 655 doses aplicadas de vacinas do calendário vacinal e do COVID 19 no ano de 2023
O envolvimento dos professores, pais e responsáveis nesse processo, foi de fundamental importância para a obtenção de resultados positivos na vacinação dos alunos, atingindo, assim, os objetivos colimados.
Ao analisar a ação efetiva da vacinação no ambiente escolar foi observado que o grupo que mais se beneficiou da vacinação foram o de crianças que até o momento não tinham procurado a unidade de saúde para tomar a 1ª dose da vacina do Covid 19, iniciando assim sua cobertura e reforçando com os responsáveis a importância de completar o protocolo vacinal.
A vacinação nas escolas portanto, mostrou-se relevante tanto do ponto de vista quantitativo com o incremento da cobertura vacinal dos escolares, quanto qualitativo promovendo um ambiente de saúde nas escolas.

Principal

Deborah Cinelli Corrêa Netto

deborah.cinelli@gmail.com

Coordenadora Programa Saúde na Escola

Coautores

Deborah Cinelli Corrêa Netto, Cintia da Rocha Costa, Janete da Silva Rabello, Adriana Ramos de Jesus, Luana Moreira Ferreira, Fernanda Loureiro

A prática foi aplicada em

Petrópolis

Rio de Janeiro

Sudeste

Esta prática está vinculada a

Rua Figueria de Melo 106 Centro Petropolis RJ

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Deborah Cinelli Corrêa Netto

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

01 abr 2024

e atualizada em

01 abr 2024

Início da Execução

04/07/2022

Fim da Execução

27/10/2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Os caminhos para alcançar os indicadores de desempenho do Previne Brasil pelo município de Bom Jesus (PB)
Paraíba
Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba
Práticas
Humanização na prática do cateterismo vesical de demora na atenção básica.
Paraíba
Práticas
Metodologias ativas no processo de atualização de profissionais de saúde: relato de experiência.
Paraíba