Olá,

Visitante

Samuzinho nas Escolas: Educando para a Transformação do Serviço

O SAMU Regional Londrina – PR, recebe em média por mês 10.000 ligações pelo número de urgência 192, e cerca de 10% são indevidas. Pensando na necessidade de transformação da realidade do serviço, no que concerne ao conhecimento da população sobre como utilizar o SAMU 192 explicitado pelos elevados índices de ligações indevidas, o projeto tem como objetivo a conscientizar as crianças em idade escolar (cinco a doze anos), quanto à importância e finalidade do SAMU, informando sobre o uso adequado do serviço 192 e em quais situações devem aciona-lo, fazendo com que a criança compreenda a importância da prevenção e atuação correta em situações de risco, além de propiciar reflexão sobre a importância da vida e os movimentos de solidariedade.O projeto foi criado em abril de 2015, após sua criação foram realizadas parcerias com as Instituições de Ensino Superior de Londrina, e em maio do mesmo ano foram selecionados do como integrantes os graduandos e residentes de cursos de enfermagem, em junho aconteceu o teste piloto e a partir de agosto iniciaram-se as atividades nas escolas. Como o público alvo é o infantil, pensando na relevância da ação a ser realizada, foram desenvolvidas atividades lúdicas para elucidar a temática. Foram desenvolvidas pelos integrantes do projeto três ações educativas: uma música que explica o que é o SAMU, uma história em quadrinhos que exemplifica como ligações indevidas prejudicam o serviço e seus usuários e um “quizz” de perguntas e respostas sobre o SAMU.

O projeto SAMUZINHO é uma inciativa do Núcleo de Educação em Urgência – NEU, vinculado ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU Regional Londrina, inserido na Diretoria de Urgência e Emergência em Saúde – DUES da Secretaria Municipal de Saúde de Londrina-PR, em decorrência dos elevados números de ligações indevidas (trotes).

O projeto intenciona atender todas as escolas públicas e privadas de Ensino Fundamental e Médio do Município de Londrina. Para segundo semestre de 2016 deve-se iniciar as atividades da segunda etapa do Projeto, onde abordaremos as principais situações atendidas pelo SAMU Londrina, orientando as crianças sobre sua identificação e os primeiros socorros.Os coordenadores do projeto acreditam que a divulgação do SAMU realizando orientações e educando as crianças sobre o serviço, alcançaremos o fortalecimento do serviço e expansão do saber sobre em quais situações e como deve ser acionado o SAMU.

Principal

Cleiton José Santana

A prática foi aplicada em

Londrina

Paraná

Sul

Instituição

Rua Carmelita Nodari, nº 132

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Cleiton José Santana

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Fato ou fake: utilizando a força da internet no combate a fake news sobre vacinação em Esperança – PB.
Paraíba
Práticas
Projeto saúde na feira: ampliando o acesso de serviços de saúde no município de Ingá.
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Promoção da saúde mental dos trabalhadores da estratégia de saúde da família: cuidando do cuidador.
Paraíba
Práticas
Projeto Hidrovida: a utilização de terapia aquática como forma de tratamento para idosos com doenças osteomusculares.
Paraíba
Práticas
Assistência multiprofissional aos portadores de hipertensão e diabetes mellitus de uma UBS de Belém do Brejo do Cruz – PB: relato de experiencia
Paraíba