Olá,

Visitante

Saindo das Sombras – da Notificação À Prevenção do Suicídio e Promoção de Saúde Mental

ObjetivoPrevenir a ocorrência de óbitos por suicídio no município de Seara através de capacitações das equipes de saúde, elaboração de fluxograma de atendimento e ações efetivas de promoção de saúde mental para a população.MetodologiaPrevenir a ocorrência de óbitos por suicídio no município de Seara através de capacitações das equipes de saúde, elaboração de fluxograma de atendimento e ações efetivas de promoção de saúde mental para a população.

No início de 2017, associando as recomendações da Organização Mundial da Saúde ao aumento do número de notificações de suicídios e tentativas de suicídio da população de Seara SC, a enfermeira da vigilância epidemiológica solicitou aos profissionais de saúde mental que elaborassem um trabalho de prevenção ao comportamento suicida. O plano de ação foi baseado no fato de que os suicídios podem ser evitados em tempo oportuno, com intervenções de baixo custo. Ampliando o escopo, ações de prevenção e promoção de saúde também foram planejadas. Em consenso entendeu-se a necessidade primária de capacitar os serviços de saúde para reconhecer os sinais e sintomas característicos do comportamento suicida, agir enquanto há tempo e também elaborar um fluxograma de atendimento para esses casos. Nos momentos seguintes, após capacitação das equipes, as ações foram focadas para a população em geral, para que também fique atenta ao comportamento de pessoas a sua volta e ao seu próprio comportamento.MetodologiaPrevenir a ocorrência de óbitos por suicídio no município de Seara através de capacitações das equipes de saúde, elaboração de fluxograma de atendimento e ações efetivas de promoção de saúde mental para a população.

Realizar ações de prevenção ao comportamento suicida não nos possibilita necessariamente poder contabilizar quantitativamente quantas vidas foram ou serão salvas, e também quantas de fato aprimoraram a qualidade de vida e bem estar com as ações de promoção de saúde mental. No que se refere aos profissionais de saúde foi possível identificar a satisfação ao realizar ações de prevenção e ampliar as possibilidades de atuação, além de ter despertado o sentimento de equipe. Outro resultado que foi possível perceber foi a desmistificação do tema, com a população e os profissionais falando abertamente sobre o tema suicídio e sensibilizados com a importância da promoção de saúde mental. Saímos das sombras!

Principal

Josiane Savoldi Bressan

A prática foi aplicada em

Santa Catarina

Sul

Instituição

Seara

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus/Fiocruz, Conasems

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jul 2020

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
O Serviço de Atenção À Infância e Juventude: Um olhar Multidisciplinar no Cuidado em Saúde Mental ao Público Infantojuvenil
Rio de Janeiro
Práticas
A Saúde Mental Como Campo de Atuação da Terapia Comunitária Integrativa: o Fortalecimento do Acolhimento Aos Sofrimentos no Caps.
Rio de Janeiro
Práticas
Projeto João de Barro (Moradia Assistida)
Rio de Janeiro
Práticas
Matriciamento Judiciário: Articulação Setorial a Serviço da Eficiência
Rio de Janeiro
Práticas
Clave de Sois: a música enquanto recurso rerapêutico.
Santa Catarina
Práticas
da Medicalização À Vida no Território.
Rio de Janeiro
Práticas
Fechamento da Clivapa – Desinstitucionalização dos Pacientes
Rio de Janeiro
Práticas
Saúde Mental na Atenção Básica: Um Novo olhar Sobre os Encaminhamentos para Consultas Psiquiátricas
São Paulo
Práticas
Saúde mental e equidade na atenção básica: construindo critérios de priorização dos casos graves de sofrimento mental
Minas Gerais