Olá,

Visitante

Relato de Experiência: Desenvolvimento do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica no Município de Vassouras- Rj.

O PMAQ foi criado pelo Ministério da Saúde em 2011 e visa induzir a ampliação do acesso e a melhoria dos serviços de saúde da Atenção Básica. O município de Vassouras desenvolveu o programa a fim de direcionar as atividades a serem realizadas nas Unidades de Saúde com o intuito de melhorar a qualidade do atendimento prestado.Trata-se de um estudo descritivo, do tipo relato de experiência sobre o desenvolvimento das ações do PMAQ no município de Vassouras. Foi criada uma equipe de planejamento, execução e monitoramento das ações do programa para atuar junto as equipes de saúde. Foram realizadas diversas ações objetivando facilitar o trabalho das mesmas para desempenharem as estratégias necessárias requisitadas pelo programa a fim de alcançar melhorias nos serviços de saúde que contribuam para a ampliação do acesso e da qualidade da Atenção Básica.

O planejamento das atividades realizadas para a visita do PMAQ no município. O município de Vassouras possui 14 Unidades de Saúde que aderiram ao programa no ano de 2015. As ESF receberam a visita da equipe da avaliação externa do Ministério da Saúde em outubro de 2017. A certificação das equipes foram baseadas em: autoavaliação (10%), monitoramento dos indicadores (30%) baseado em dados do SISAB (Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica) e avaliação externa (60%). Observou-se após a divulgação do resultado da avaliação externa em setembro de 2018 que, 05 Unidades de Saúde obtiveram progressão da avaliação, 02 apresentaram queda e 07 mantiveram o mesmo padrão quando comparado ao 2° ciclo. Segundo a avaliação da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o município atingiu a segunda melhor classificação quando comparado aos outros municípios do estado do Rio de Janeiro.

Recomendo que os municípios se planejem e invistam na saúde da população através das melhorias recomendadas no PMAQ e que devem ser realizadas para obter a certificação do programa. Tal planejamento e sucesso na avaliação garante verba para a continuidade do cuidado prestado com qualidade e valorização dos profissionais envolvidos.

Principal

Alcione Leal Guimarães – Larissa Suely Vieira Ramos – Raiane Pereira Furtado –Juliane da Silveira Jasmim – Rachel Ferreira Bello –Leonardo Pereira da Rocha

gabinetesmsvassouras@gmail.com

A prática foi aplicada em

Vassouras

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Leonardo Pereira

Conta vinculada

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Organização do Processo de Trabalho na Atenção Primária em Saúde Utilizando Ferramentas Analisadoras e Estratégicas.
Maranhão
Práticas
Planejamento Local e Participativo na Estratégia Saúde da Família no Município de Cachoeirinha/Tocantins.
Tocantins
Práticas
Mudança de Dinâmica na Marcação de Consulta em São Luis e Seus Impactos Positivos para a População.
Maranhão
Práticas
Plano Municipal de Saúde de Juazeiro do Norte – Ceará, 2018-2021: uma Construção Participativa.
Ceará
Práticas
Fluxograma para Rede de Urgência e Emergência:
Ceará
Práticas
Modelo de Atenção Às Condições Crônicas em Um Serviço de Referência À Mulher e À Criança de Caxias/Ma: uma Proposta de organização da Atenção Especializada À Saúde.
Maranhão
Práticas
Implantação do Ambulatório de Seguimento do Recém-Nascido de Alto Risco: Um Projeto de Fortalecimento da Rede de Atenção À Saúde da Criança
Alagoas
Práticas
O Apoio Institucional do Cosems-Ba Como Estratégia para o Fortalecimento das Comissões Intergestores Regionais-Cir nas Regiões Norte e Nordeste.
Bahia
Práticas
Atenção À Saúde Materno-Infantil: Um Relato de Implantação de Ambulatório de Atenção ao Risco Gestacional, Puerperal e Infantil no Município de Teotônio Vilela –Al
Alagoas
Práticas
Segurança do Paciente Como Prioridade de Gestão: Implementação do Protocolo de Medicação Segura.
Ceará