Olá,

Visitante

Realização da Semana do Bebê Como Estratégia de Promoção À Saúde: Um Relato de Experiência

Finalidade da experiência

A promoção da saúde é considerada como uma das estratégias de produção de saúde, ou seja, como uma forma de pensar e de operar articulado às demais políticas e tecnologias desenvolvidas no sistema de saúde brasileiro, colabora na construção de ações que possibilitam responder às necessidades sociais em saúde. No Sistema Único de Saúde (SUS), a estratégia de promoção da saúde é retomada como uma possibilidade de enfocar os aspectos que determinam o processo saúde-adoecimento em nosso País (BRASIL, 2010). Tradicionalmente, os modos de viver têm sido abordados numa perspectiva individualizante e fragmentária, e colocam os sujeitos e as comunidades como os responsáveis únicos pelas várias mudanças/arranjos ocorridos no processo saúde-adoecimento ao longo da vida. Propõe-se, então, que as intervenções em saúde ampliem seu escopo, tomando como objeto os problemas e as necessidades de saúde e seus determinantes e condicionantes, de modo que a organização da atenção e do cuidado envolva, ao mesmo tempo, as ações e os serviços que operem sobre os efeitos do adoecer e aqueles que visem o espaço para além dos muros da unidade de saúde e do sistema de saúde (BRASIL, 2010). Com o intuito de fortalecer ações de promoção à saúde da criança, em especial da as da primeira infância, a Semana do Bebê como uma estratégia de mobilização social apoiada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e tem como objetivo tornar o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento de crianças de até seis anos prioridade na agenda dos municípios brasileiros. A ideia é incentivar os municípios a realizar, durante uma semana, uma grande mobilização em favor da primeira infância. Cada município define data e as atividades a serem realizadas, tais como: oficina, cursos, palestras, e atividades artísticas e culturais (UNICEF, 2010). A Secretaria Municipal de Saúde de Alagoinha do Piauí, em parceria com a Estratégia de Saúde da Família (ESF) e o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), visando proporcionar e garantir uma melhor infância para as crianças, realizarem a I Semana do Bebê de Alagoinha do Piauí.

O referido evento teve impactos positivos no município, a citar: os profissionais passaram a reforçar as ações de atenção à saúde da criança

Principal

Eduardo Carvalho de Souza

sesalagoinhaa@yahoo.com.br

A prática foi aplicada em

Alagoinha do Piauí

Piauí

Nordeste

Instituição

Avenida João Gabriel de Brito, nº: 155 – Centro.

Uma organização do tipo

SECRETARIA DE SAÚDE DE BRAGANÇA

Foi cadastrada por

Eduardo Carvalho de Souza

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Ações intersetoriais: integrando estratégias no combate às arboviroses na cidade de Belém do Brejo da Cruz (PB)
Paraíba
Práticas
Re(h)abilitando a interdisciplinaridade e o cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Fato ou fake: utilizando a força da internet no combate a fake news sobre vacinação em Esperança – PB.
Paraíba
Práticas
Projeto saúde na feira: ampliando o acesso de serviços de saúde no município de Ingá.
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Promoção da saúde mental dos trabalhadores da estratégia de saúde da família: cuidando do cuidador.
Paraíba