Olá,

Visitante

Projeto de Reorganização da Atenção À Saúde em Neurologia da Região de Saúde Norte do Distrito Federal

Identificar padrões repetitivos e evitáveis de encaminhamentos, reduzir filas de espera para consultas, elaborar mecanismos de monitoramento das ações implantadas, propor fluxo de encaminhamentos e obter maior satisfação dos usuários. No projeto se pactuou e divulgou o protocolo de encaminhamento, houve uma devolutiva sobre as inadequações, matriciou-se equipes ESF e os servidores que mais encaminhavam. A iniciativa culminou com uma capacitação em cefaleia e epilepsia. Em abril de 2017 houve nova análise do contexto e reformulação do projeto. Observou-se alto número de encaminhamentos por parte de profissionais que não são da APS, advindo de setores cuja contra referência é impossibilitada pela natureza não-longitudinal intrínseca ao seu processo de trabalho. Segue-se a busca por apoio da Superintendência, da Direção dos dois hospitais regionais e da UPA para desestimular o encaminhamento por parte desses serviços.

Este projeto originou-se a partir da observação da lista de espera por consulta na especialidade de neurologia, na Região de Saúde Norte do DF. Além da extensa fila de espera, verificou-se grande número de encaminhamentos indevidos e de padrão repetitivo de CIDs. O projeto iniciou-se como trabalho do Estágio em Gestão dos residentes de Medicina de Família e Comunidade e segue até os dias atuais.

O projeto contou com uma redução nas filas de espera da Neurologia, contribuindo para o acesso dos usuários a esse serviço. Além disso, observou-se uma aproximação entre o serviço de neurologia e as ESF, proporcionando uma maior interação entre os diferentes setores e um cuidado mais ampliado aos usuários.

Principal

Adriana Ferreira Barros Areal

adrianafba@yahoo.com.br

A prática foi aplicada em

Brasília

Distrito Federal

Centro-Oeste

Instituição

Setor de Áreas Isoladas Norte - SAIN - Bloco B - Asa Norte - Brasília/DF

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Adriana Ferreira Barros Areal

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

03 nov 2020

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Gestão de saúde de Cabedelo na implantação da nova lei de licitações: desafios e conquistas
Paraíba
Práticas
Processo de elaboração do Plano Municipal de Saúde 2022-2025- relato de experiência.
Paraíba
Práticas
INFORMATIZAÇÃO DA REGULAÇÃO MUNICIPAL COM A ATENÇÃO PRIMÁRIA COMO COORDENADORA DO CUIDADO
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da implantação de sistema de regulação de exames no Município de mendes.
Rio de Janeiro
Práticas
Ideação suicida e tentativas de suicídio: uma análise de casos do SAMU 192 no interior do estado do RJ.
Rio de Janeiro
Práticas
Samuzinho: Educação em saúde e primeiro socorros na escola para a promoção do SAMU 192.
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação do programa de gestão transparente do tempo resposta no SAMU 192: uma missão desafiadora
Rio de Janeiro
Práticas
Verde, amarelo e vermelho: protocolo de classificação das consultas por grau de prioridade no Centro Especializado de Saúde de Quissamã (RJ)
Rio de Janeiro