Olá,

Visitante

Projeto 18 de Maio: A Intersetorialidade no Combate ao Abuso e A Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes

o 18 de maio foi instituído após uma menina (08 anos) ter sido sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo, ficando conhecida como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” através da LF nº9.970/2000. No Brasil a violência sexual contra criança e adolescente é considerada um problema de saúde pública e Castelo do Piauí foi cenário de umas das maiores barbáries já ocorridas no Estado, o estupro coletivo de 4 adolescentes, dia 27 de maio de 2015, resultando no óbito de uma das vítimas. Devido a esse acontecimento, a gestão e a sociedade começaram a pensar numa forma de trabalhar diferente, com anseio de atender melhor às necessidades dos cidadãos. Surgiu a ideia da intersetorialidade, com o Projeto 18 de maio.Este foi idealizado para promover ações específicas, entre elas a quebra de silêncio e tabus em relação ao tema e fortalecer a política de proteção a crianças e adolescentes no município de forma intersetorial.

Mobilizar o município para o combate e enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes: • Promover orientações sobre alternativas de prevenção e identificação do abuso e exploração sexual • Fortalecer vínculos familiares e comunitár as ações foram realizadas de forma articulada, por onze equipes de profissionais que fazem a rede de atendimento do Município (Prefeitura, CMDCA, Conselho Tutelar, SMS, SME, SMAS, Igrejas, Ministério Púbico e poder Judiciário), durante o mês de maio de 2018. Sendo desenvolvidos: Roda de conversa com famílias, gestantes do CRAS I e CRAS II e alunos da rede escolar reunião com os portais de notícias, entidades governamentais e sociedade civil palestra para educadores e profissionais do sistema de garantia de direitos feira informativa com distribuição de folders capacitação de profissionais da saúde, educação e assistência social. A culminância aconteceu na Praça Getúlio Vargas, com stands e apresentações dos alunos das redes de ensino.

44 profissionais trabalharam no projeto, atingindo um público de 2.108 pessoas. Hoje a população sabe que a violência sexual contra crianças e adolescentes é crime previsto em lei e os resultados sobre a orientação da população são notórios. No Conselho Tutelar houve 07 registros no período de maio a dezembro de 2018. Na realidade não é um número tão alto, mas é considerável, quando se compara com anos anteriores (02 registros por ano). o resultado gratificante é a troca de experiências entre os profissionais dos diversos setores do município, o melhoramento na relação interpessoal, o dinamismo das ações e o senso de responsabilidade coletivo para um bem comum.A experiência de trabalho em rede mostrou a existência de algumas dificuldades, tais como: falta de interesse de alguns profissionais, definição dos tempos e da urgência, devido uma perspectiva muito imediatista. Por outro lado, olhando os resultados alcançados, é perceptível as vantagens, pois torna o trabalho mais qualificado, enquanto canaliza competências e diversidades que convergem na mesma direção, o alcance de um objetivo, tornando-o um sucesso e exemplo a ser seguido nessa modalidade.

Principal

Cleudiana Maria De Oliveira Silva

mariacleudiana@hotmail.com

Coautores

Izanyo Pinheiro Sampaio Mesquita Cardoso De Carvalho, Paloma Luan Vieira Da Silva Dias,

A prática foi aplicada em

Castelo do Piauí

Piauí

Nordeste

Instituição

Rua: Barão Do Rio Branco,774. Bairro Cohab. Castelo Do Piauí.

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Leila De Almeida Soares

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal