Olá,

Visitante

Práticas Integrativas e Complementares no Centro de Atenção Psicossocial.

Os CAPS integram o SUS dentro da atual política de saúde mental do Ministério da Saúde e organizam a rede de atenção em saúde mental. Presta serviços de atenção diária em saúde mental, sendo a referência no tratamento de pessoas com sofrimento mental grave e/ou persistente, que necessitem de cuidado intensivo, comunitário, personalizado e promotor de qualidade de vida, evitando internações em hospitais psiquiátricos. Visa um trabalho de equipe multiprofissional.O uso das PICS podem contribuir no cuidado em saúde mental, reduzindo a reprodução do modelo biomédico e medicalizante, estimulando a interação entre os saberes dos profissionais e promovendo a saúde física, mental e espiritual do indivíduo. Diante do exposto, surgiu a proposta de implementar ao projeto terapêutico singular do CAPSII, o Projeto PICS no CAPS, oferecendo opções de tratamento não medicamentoso a fim de complementar no tratamento e promoção da saúde mental dos usuários. Implementar as seguintes PICS no CAPS II: Aromaterapia, Cromoterapia, Medicina Tradicional Chinesa (Acupuntura, Ventosaterapia, Auriculoterapia, Moxabustão), Meditação, Reflexoterapia, Florais de Bach, Arteterapia, Reiki e Terapia Comunitária.

O conceito de sofrimento mental reúne um conjunto de queixas associadas a vivências e sofrimentos humanos, muitos considerados próprios da existência, expressado por meio de queixas como ansiedade, depressão, insônia e estresse. Contudo, estas queixas, próprias dos indivíduos e, inclusive, passíveis de manejo autônomo, ou pelas pessoas em suas redes de relações sociais, têm sido interpretadas como problemas de saúde e vulneráveis à medicalização. A ênfase dada à doença e, muitas vezes, o tratamento descaracteriza e despersonaliza o indivíduo, o que dificulta a construção de um projeto terapêutico singular. Por sua vez, as PICS caracterizam-se pela singularidade na terapêutica, direcionada ao indivíduo e não à doença, o que potencialmente oferece resultados satisfatórios.

A importância de abordar PICS nas graduações na área da saúde, para que os profissionais já conheçam as abordagens e sua aplicabilidade. Capacitações em PICS para profissionais da rede publica, pois a maioria dos cursos são ofertados por instituições privadas, o que dificulta o aumento da sua oferta na saúde pública. Muitas PICS são inseridas por profissionais da rede que buscam formas diferentes de assistência e no cuidado, muitos custearam suas formações, incentivar e possibilitar que os profissionais capacitados, apliquem PICS, seja incentivo financeiro, acesso a espaço físico e materiais adequados e necessários para executar suas ações. É necessário atentar para que a essência da PNPIC não se perca, que esse modelo complementar de assistência não se torne mais uma prestação de serviço, sem considerar toda a complexidade de fatores envolvida na saúde.

Principal

Keli Pauli

kelipauli@hotmail.com

A prática foi aplicada em

RJ

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

São Bento do Sul

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Keli Pauli

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

12 dez 2016

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Mindfulness, uma estratégia para redução da ansiedade e manejo de peso
Rio Grande do Sul
Práticas
As PICS como ferramenta potencializadora no cuidado a saúde do trabalhador
Paraíba
Práticas
Práticas integrativas em um grupo tereapêutico “equilíbrio das emoções”
Paraíba
Práticas
Auriculoterapia uma práticas integrativas: como alternativa complementar no tratamento da ansiedade
Paraíba
Práticas
IMPLANTAÇÃO DE PRÁTICA INTEGRATIVA E COMPLEMENTAR NA REDE DE ATENÇÃO A SAÚDE DE QUEIMADAS-PB
Paraíba
Práticas
A terapia comunitária integrativa como inclusão e bem-estar na terceira idade.
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação do Centro de Referência em MTC e Práticas Integrativas no Município de Duque de Caxias
Rio de Janeiro
Práticas
Planejamento orientativo do CTA/SAE Juara – MT, sobre protocolo de PEP às farmácias do Vale do Arinos.
Mato Grosso