Olá,

Visitante

Plano de Reorganização da Assistência oferecida pelo Nasf do Município de Barra de Santana – Pb: Um Relato de Experiência

Finalidade da experiência

Criado pela Portaria 154/GM de 24 de janeiro de 2008, o Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF surgiu como proposta tanto para prestar assistência às demandas populacionais não alcançadas pelas equipes que compõem a Estratégia de Saúde da Família – ESF, como para apoiar essas equipes na efetivação da rede de serviços e ampliar sua abrangência, visando melhorar a qualidade da assistência à população no nível da Atenção Básica. O NASF é composto por profissionais de diversas áreas – fonoaudiólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, educadores físicos e psicólogos – admitidos conforme a necessidade de cada região abrangida pelas equipes de ESF. Esses profissionais atuam numa lógica de matriciamento, exercendo um trabalho diferenciado e baseado nos princípios da integridade e da interdisciplinaridade, diferenciando-se de outros programas já implantados é a proposta de clínica ampliada. Em contraste com os modelos convencionais de prestação de cuidados, que primam pela assistência curativa, especializada, fragmentada e individual, a proposta de trabalho do NASF é a de superar essa lógica em direção à corresponsabilidade e à gestão integrada do cuidado por meio de atendimentos compartilhados e projetos terapêuticos que envolvam os usuários e sejam capazes de considerar a singularidade dos sujeitos assistidos. O município de Barra de Santana está localizado na microrregião do Cariri Oriental e tem uma população estimada pelo IBGE, no ano de 2013, de oito mil duzentos e seis habitantes. Destes, sete mil quatrocentos e setenta e cinco residem na zona rural, enquanto somente setecentos e trinta e um residem na zona urbana. A implantação do NASF no município representa a busca crescente pela integridade da atenção e interdisciplinaridade nas ações em saúde, consoante a perspectiva de consolidação da ESF. Através dessa perspectiva, observa-se que as expectativas com a criação desse núcleo foram pautadas no alargamento da oferta de serviços de saúde na ESF, tanto em aspectos quantitativos como qualitativos. A cidade disponibiliza do apoio do NASF, as quatro equipes de Saúde da Família, com fisioterapeuta, psicólogo, nutricionista e educador físico. Considerando-se a assistência a saúde oferecida pelo SUS e a perspectiva que se tem acerca do NASF no município, vem sendo desenvolvido um aprimoramento de suas ações desde o período de abril de 2014 até os dias atuais, objetivando a otimização dos serviços desenvolvidos pelo núcleo.

O impacto de tal experiência exitosa desenvolvida pela equipe do Nasf, em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde de Barra de Santana, representa uma demonstração da validação da estratégia das necessidades de cada município, oferecendo um suporte às mudanças nesse sistema, sejam elas no âmbito da gestão ou do domínio da execução de ações qualificadas dos profissionais de saúde, uma vez que a cultura predominante nas práticas em saúde ainda é considerada um desafio que o NASF precisa superar para conseguir aprimorar, de fato, suas diretrizes. No sentido de fortalecer o NASF de Barra de Santana e de ampliar cada vez mais suas ações, estão sendo estimuladas práticas diversas, individuais, coletivas e, principalmente multidisciplinares, no âmbito das diversas áreas da saúde coletiva na Atenção Básica em Saúde. Algumas rotinas precisam ser modificadas, e, com os atores envolvidos, o investimento no sentido de fortalecer os vínculos e a criação de um espaço para o debate coletivo entre as disciplinas envolvidas no processo de trabalho e na produção do cuidado. Tornou-se indispensável a ponderação junto a gestores e organizações comprometidas com a participação social sobre a relação entre a composição das equipes e as necessidades de saúde das comunidades do município. Vale salientar a importância de reconhecer as fragilidades enfrentadas e fortalecê-las e que a qualidade em saúde não depende apenas de uma forma ou modelo, mas também do domínio das competências necessárias ao respectivo exercício profissional.

Principal

Emilson de Oliveira Rodrigues

claudia_fnunes@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Barra de Santana

Paraíba

Nordeste

Instituição

Av. Liberdade, s/n.

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Emilson de Oliveira Rodrigues

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

12 dez 2016

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Plano Municipal Emergencial de Combate e Controle do Mosquito Transmissor da Dengue.
Rondônia
Práticas
Equipe multidisciplinar e a puericultura: integralidade na atenção à saúde da criança
Acre
Práticas
Análise da qualidade da água fornecida nos abrigos públicos às vítimas da enchente do ano de 2012, município de Rio Branco, Acre
Acre
Práticas
Controle e monitoramento da qualidade da água consumida pela população município de Rio Branco (AC) oriunda dos sistemas de abastecimento de água
Acre
Práticas
O Enfrentamento Exitoso de uma Epidemia de Dengue na Cidade de Santos
São Paulo
Práticas
Ampliando a Cobertura do Exame Citopatológico – o Municipio de Girau do Ponciano na Luta Contra o Câncer de Colo de Útero
Alagoas
Práticas
O Matriciamento Como Processo de Trabalho do Nasf
Santa Catarina
Práticas
Perfil dos Idosos Vítimas de Violência no Município de Sobral – Ceará.
Ceará
Práticas
“Cuidar de Quem Cuida!”
Mato Grosso do Sul