Olá,

Visitante

O Processo de Construção do Planejamento em uma Secretaria Municipal de Saúde: a Experiência de Curitiba

Tendo em vista a implementação das políticas públicas de saúde, o planejamento demonstra-se estratégia essencial ao alcance de resultados almejados no contexto de um Plano de Saúde. Neste sentido, desde o início do ano de 2013, a gestão da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba (SMS/Curitiba) optou por utilizar-se de referenciais do Planejamento Estratégico Situacional (PES), Planejamento Analítico-Institucional (PAI) e Apoio Institucional (AI) como forma de subsidiar a construção de um novo Plano Municipal. Tal processo justificou-se frente à necessidade, compreendida pelo corpo diretivo da SMS/Curitiba, de formulação de um planejamento que contemplasse um conjunto de premissas e perspectivas existentes, tais como o capítulo de saúde do Plano de Governo apresentado pelo recém-eleito prefeito da cidade durante sua campanha eleitoral, as perspectivas de mudanças nos modelos assistenciais e de gestão existentes na rede municipal de saúde, bem como a efetivação de melhorias das ações de saúde coletiva desempenhadas. Neste sentido, no início de 2013, foi desenhada uma proposta de metodologia que objetivou a construção de um Planejamento Estratégico, de modo que um projeto de intervenção foi organizado e implementado junto ao corpo diretivo da SMS/Curitiba. Tal projeto objetivou o alinhamento teórico-conceitual e político do grupo gestor, bem como a construção coletiva do referido Planejamento em si, a partir da definição conjunta de objetivos, estratégias, produtos e marcos de acompanhamento. Desta maneira, o Planejamento desenhou-se em três eixos (Atenção à Saúde, Vigilância em Saúde e Gestão em Saúde), que desdobraram-se em 10 objetivos estratégicos, com suas respectivas estratégias, produtos, marcos de acompanhamento, recursos necessários, prazos e responsáveis. Tendo em vista o resultado alcançado, desde julho de 2013, os produtos apontados passaram a ser monitorados semanalmente, sob a perspectiva estratégica, junto aos Departamentos e Setores, em reuniões coordenadas pela Diretoria de Planejamento da SMS/Curitiba. Além disso, reuniões semanais de acompanhamento deste mesmo Planejamento são realizadas junto ao Secretário Municipal da Saúde, buscando subsidiar suas tomadas de decisão no que se refere aos rumos das ações desenvolvidas no Sistema Único de Saúde municipal.

Construção de um novo Plano Municipal

Principal

Luiz Carlos Cantanhêde Fernandes Junior

A prática foi aplicada em

Curitiba

Paraná

Sul

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Organização social

Foi cadastrada por

Luiz Carlos Cantanhêde Fernandes Junior

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Exitosa Parceria Entre Controle Social e Gestão
Mato Grosso
Práticas
Avaliação da Qualidade e Satisfação do Usuário do SUS com os Hospitais Conveniados
Mato Grosso
Práticas
Análise Institucional dos Conselhos de Saúde de Joinville
Santa Catarina
Práticas
Condições do financiamento em saúde nos municípios de Pernambuco
Pernambuco
Práticas
Conhecendo a Realidade de Saúde de Trabalhadores na Agricultura por Meio de Escutas Itinerantes
Distrito Federal
Práticas
Gestão Estratégica e Participativa no SUS: Relato de Experiência da Implantação dos Conselhos Distritais e Locais de Saúde em João Pessoa ? Pb.
Paraíba
Práticas
Organização do Sistema Loco-Regional das Pacientes com SUSpeita de Câncer de Mama no Hospital Regional de Cotia
São Paulo
Práticas
A Arte da Escuta
São Paulo
Práticas
A Pesquisa de Satisfação dos Usuários SUS em Hortolândia: o Fortalecimento da Participação Popular
São Paulo
Práticas
Ouvidoria Ghc – Espaço de Escuta e de Participação Popular
Rio Grande do Sul