Olá,

Visitante

O Acesso da Mulher ao Pré-Natal: organização da Atenção Básica Como Porta de Entrada e Coordenadora do Cuidado

Este trabalho trata-se de um relato de experiência relacionado à estruturação da Linha de Cuidado de Saúde da Mulher, mais especificamente, a organização da porta de entrada, facilitando a chegada da usuária ao pré-natal no Município de Nova Friburgo/RJ. Como base para tal, utilizou-se a concepção da Atenção Primária à Saúde como ordenadora da rede de atenção à saúde e coordenadora do cuidado, de forma a ampliar o acesso, a continuidade, a longitudinalidade do cuidado e a resolutividade (STARFIELD, 2002). A ideia para o planejamento desta prática surgiu a partir das observações da gestão acerca dos indicadores de saúde, e das inúmeras reclamações que apontavam a dificuldade das mulheres de conseguir realizar um pré-natal de qualidade. Muitas chegavam à maternidade do município em trabalho de parto sem ter realizado o pré-natal e sem acesso minimamente aos exames de triagem, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde. Ainda, não havia uma organização da rede de atenção à saúde quanto ao fluxo de referência da mulher ao pré-natal de alto risco. O Hospital maternidade de Nova Friburgo realizava todo o tipo de pré-natal, sem universalidade e equidade no acesso. A Atenção Básica por sua vez, apresentava baixa cobertura populacional com isso, não conseguia realizar o pré-natal de risco habitual. O objetivo desta experiência é apresentar a reestruturação do acesso ao pré-natal no Município de Nova Friburgo a partir da organização da Atenção Básica como ordenadora da rede e coordenadora do cuidado.

Baixa cobertura de atenção básica que resultava em pouca oferta de pre-natal. Ainda, desorganização do acesso e fluxos entre as unidades para a realização de exames e do pré-natal de alto risco.

Através do olhar diferenciado e as intervenções prestadas ao pré-natal de risco habitual no município por parte da gestão em consonância aos preceitos da Rede Cegonha, foi possível reorganizar e reestruturar a rede de atenção à saúde da gestante. As melhorias obtidas em pontos que nos causavam grande preocupação foram em sua maior parte sanadas, hoje dispomos de uma ampla cobertura para a assistência pré-natal onde podemos garantir a cobertura de 100% das gestantes do município, fácil acesso aos testes de gravidez possibilitando o início do pré-natal em tempo oportuno sem peregrinação da gestante, já que a definição da porta de entrada no serviço é a unidade de saúde mais próxima de sua residência.Obtivemos ainda melhoria na comunicação intra e intersetorial dos profissionais com uma mudança de cultura na adesão de promover um atendimento humanizado aos usuários nas unidades de saúde, já que o acolhimento é a palavra chave para a adesão desta gestante ao serviço de saúde, onde esta deverá realizar o seu pré-natal. Grandes avanços foram obtidos e com certeza ainda temos muito a avançar para a melhoria da assistência ofertada a este público-alvo, ressaltando que todas essas ações são a garantia de um parto e nascimento seguro e saudável, e mediante qualquer agravo poderemos proporcionar o efetivo e adequado tratamento à puérpera e ao recém-nato quando necessários em tempo oportuno.

Principal

Ariádina Heringer Figueredotania Trilhasabrina Gomes Freitasfabiola Braz Pennarenata da Silva Oliveiralucimar Ribeiro Figueira

ariadinaheringer@gmail.com

A prática foi aplicada em

RJ

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Nova Friburgo

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ariádina Heringer Figueredo

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

03 jan 2020

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba
Práticas
Estratégias de imunização em município do interior da Paraíba resulta em 1º lugar no estado durante campanha de influenza 2024 : relato de experiência
Paraíba