Olá,

Visitante

Mobiliza Guataporanga – Ações de Mobilização Social como Estratégia de Campanhas de Vacinação em Pequenos Municípios

Categoria não especificada

O Município de Nova Guataporanga, localizado no oeste do Estado de São Paulo, próximo a divisa com Mato Grosso do Sul, como toda pequena cidade tem várias peculiaridades no tocante a saúde local, com relação as taxas de vacinação não é diferente, muitas pessoas são atendidas diariamente nos serviços de saúde, mas os indicadores de vacinação tem várias limitações, pois alguns dos públicos-alvo das campanhas não são contemplados de forma estratégica nas ações do cotidiano. Como alternativa para melhoria dos indicadores a gestão local, em parceria com outros órgãos da municipalidade, desenvolveu ações de busca ativa de pacientes, sensibilização nas escolas e repartições públicas e realização de eventos em massa na comunidade com foco na regularização das carteiras de vacinação. Todas essas estratégias proporcionaram um aumento significativo dos indicadores de cobertura vacinal, mostrando que as mobilizações sociais são eficientes para melhoria dos dados de vacinação local.

As baixas adesões as campanhas de vacinação geraram um déficit nos indicadores locais, aliado à problemas nos lançamentos dos dados nos sistemas, falhas dos sistemas de informação e também influência política de não vacinar, assim, colocando o município em alerta pelas autoridades regionais. Tão logo identificados os pontos de atenção determinantes para as quedas nos indicadores, reuniu-se os gestores de cada área para elaboração de um plano de ação para recuperação das coberturas e atingimento das métricas.

Para iniciar as atividades de retomada dos indicadores, iniciou-se pela identificação dos problemas, o primeiro deles era o lançamento das vacinações nos sistemas de informação, foi superado com treinamento e estabelecimento de metas de lançamentos junto aos colaborares e técnicos. Complementarmente, foi realizado uma chamada pública para atualização das carteiras de vacinação, por meio de busca ativa nas residências, propriedades rurais, igrejas, escolas e creche. Outras ações foram a expansão do horário de atendimento da sala de vacina, com atendimentos noturnos e finais de semana. E também realização de eventos em massa na cidade tendo como entrada franca a carteira de vacinação completa e em dia. Dentre os atrativos realizados até o momento foram: vinda da Carreta da Alegria ao município, brinquedos, distribuição de algodão doce, cachorro quente, pipoca e picolé, e também entrega de capas de cadernetas de vacina.

Os resultados foram satisfatórios e as ações até o momento, promoveram um aumento de cerca de 65% na cobertura vacinal local até o momento em comparação com o primeiro quadrimestre de 2022 e mostrou a eficiência das estratégias de aproximação da equipe junto a população, bem como, a eficácia da mobilização em conjunto com outros setores da municipalidade como serviço social, e secretaria de educação por exemplo. Deste modo, recomenda-se a utilização dessas estratégias para melhoria e ampliação da cobertura vacinal em municípios de pequeno porte populacional no Brasil.

Principal

Rosinéia Gomes de Assis

Coautores

Fernanda Borssank Paschoareli da Fonseca , Fernanda Inácio Volpe

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.
Paraíba
Práticas
Relato de experiência: humanização na atenção ao usuário no pronto atendimento de Pilar (PB))
Paraíba
Práticas
Implantação de laserterapia na rede de atenção à saúde de Pilar (PB): relato de experiência
Paraíba
Práticas
Paciente protagonista de sua terapia: o cuidado farmacêutico com pacientes atendidos no CAPS de Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Atenção e cuidado ao paciente portador de feridas no SUS em Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Quando a saúde vai além dos muros das UBS
Rio de Janeiro