Olá,

Visitante

Interação Atenção Básica e Imunização Através de Agenda Virtual

Categoria não especificada

O presente projeto tem como proposta de trabalho a integração entre atenção básica e imunização através de comunicação e informações de agendamento de vacinas em tempo real através de acesso digital, com o objetivo de organização dos trabalhos dos trabalhadores de saúde e a interação entre a equipe de imunização, equipes da atenção básica, e profissionais técnicos da atenção básica. Foi organizado um sistema virtual voltado a troca de informações e atualizações técnicas e científicas em tempo real com uso de Tecnologias digitais e planilha para gerar agendamento das vacinas em arquivo “espelho digital” com agendamento de todas as datas das vacinas do calendário das crianças, facilitando o monitoramento da equipe de atenção básica e imunização, e através de vídeos e comunicação virtual possibilitando as informativos entre as equipes utilizando o armazenamento e comunicação em “google drive”, buscando melhorar a eficácia das informações técnicas e da cobertura vacinal e otimização do trabalho e fluxo de atendimentos, e cooperação em equipe e entre os profissionais de saúde.

Baixa cobertura de vacinas do calendário nacional de imunização. Falhas no controle de fluxo de atendimentos de vacinação, com identificação de faltas nos agendamentos de vacinas, e retornos. Comunicação ineficiente entre os profissionais de saúde, acarretando falhas de informações técnicas sobre datas e aprazamentos das vacinas. Informações técnicas restritas somente a um setor, ficando os demais profissionais sem uma atualização técnica sobre rotinas, calendários e informes técnicos dos imunobiológicos. Na identificação da baixa cobertura vacinal das vacinas do calendário nacional, observou-se que os pais, não estavam comparecendo na unidade de saúde com frequência para as vacinas de rotina, e neste caso chegamos a necessidade de criação de um sistema de controle para a realização de uma busca ativa e orientação a população com um trabalho articulado com as Equipe ESF e profissionais da Atenção Básica. No controle de fluxo de atendimentos, viu-se a necessidade da criação e método de planejamento das atividades diárias serem realizadas de forma a se ter um controle de fluxo diário e que todos os profissionais pudessem ter acesso em tempo real. As informações técnicas dos imunobiológicos, ficavam sempre restritos a equipe da sala de imunização, sem que os demais profissionais da Atenção Básica tivessem a atualização sobre assuntos relacionados a mudanças de rotinas, fluxos, agendamentos e demais informações técnicas dos imunobiológicos, e neste contexto observou-se a urgente necessidade de criar um meio de repassar as informações de maneira eficaz e que o acesso a informação fosse de fácil acesso a todos os profissionais. Controle e organização do tempo e planejamento do trabalho com organização do tempo inadequado, deixando os atendimentos sem uma agenda de atendimentos condizente com os períodos de atendimento e com profissionais com excesso de atribuições e outros com poucas atribuições, sendo necessário uma reorganização de tempo e agendamento. Interação entre equipes de trabalho comprometidas, com problemas de comunicação entre os profissionais de saúde, e neste sério problema de integração, tem-se a necessidade de criar um mecanismo de interação e colaboração mútua, e aproveitar as experiências e vivencias individuais para a busca de um trabalho integrado.

Para a intervenção dos problemas encontrados, foram reunidos os profissionais da Atenção Básica, da sala de imunobiológicos, Coordenadores, e profissionais técnicos da unidade de saúde para a apresentação de uma proposta de criação de uma Agenda virtual, criada em forma de planilha compartilhada no “google drive”, com acesso a todos os profissionais, que teriam que acessar diariamente no inicio do turno de trabalho e dar contribuições técnico científicas e trocar informações relevantes entre si. Esta planilha, é organizada com informações de agendamento de usuários que estão em atraso vacinal, e com essas informações os profissionais da atenção básica “agentes comunitários de saúde” podem realizar a busca ativa e dar um retorno sobre a busca ao setor de imunobiológicos em tempo real com digitação dos resultados em local específico da planilha, que tem uma organização deste tópico por datas e agendamentos, ficando estas informações acessíveis aos profissionais. Em outra parte da agenda dentro da planilha os profissionais descrevem as informações técnicas e científicas, para a atualização dos profissionais sem a necessidade de reuniões presenciais, nem impressos, já que as informações serão atualizadas de maneira “online”. Os profissionais de saúde, terão um espaço para postagem de vídeos, infográficos ou outros para atualização científica, ficando a cada 15 dias a realização de treinamentos virtuais disponíveis no drive e com cronograma de temas de relevância.

Com esta intervenção observou-se a melhor integração entre os profissionais de saúde, com o uso da ferramenta digital de controle de fluxos que possibilitou o acompanhamento da cobertura vacinal, ao mesmo tempo uso simultâneo e colaborativo para a atualização científica e planejamento das coberturas vacinais, e orientação de conteúdos técnico/científicos. Desde a elaboração e manutenção dos dados foram incorporados os conceitos de organização de tempo, planejamento e trabalho em equipe.

Principal

Divaldo de Stefani

Coautores

Dayane Fernanda de Mello Cauneto, Érica Robaskiewicz Ferreira

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.
Paraíba
Práticas
Relato de experiência: humanização na atenção ao usuário no pronto atendimento de Pilar (PB))
Paraíba
Práticas
Implantação de laserterapia na rede de atenção à saúde de Pilar (PB): relato de experiência
Paraíba
Práticas
Paciente protagonista de sua terapia: o cuidado farmacêutico com pacientes atendidos no CAPS de Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Atenção e cuidado ao paciente portador de feridas no SUS em Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Quando a saúde vai além dos muros das UBS
Rio de Janeiro