Olá,

Visitante

Imuniza Sus – Foralecimento Das Ações de Imunização nos Territorios Municipais

Categoria não especificada

O munícipio de Estiva Gerbi, possui uma população estimada de 11.507 pessoas (IBGE 2021), localizada a maior proporção em sua área urbana, um município pequeno onde possuí 4 unidades de atenção básica com a cobertura 100% de área urbana, apresentando dificuldade somente na área rural, porem a sala de vacina é centralizada somente em uma unidade com a coordenação e supervisão da Vigilância Epidemiológica e com duas aplicadoras, os atendimentos a população geral são feitos em horário em que a unidade esta em funcionamento, porem temos alcançado bons resultados nos horários estendidos, com uma boa estratégia de comunicação e divulgação de dias seletivos para extensão. Possuímos informatização na sala de vacina, são registrados todos os pacientes em sistema como também dado baixa em seu documento (carteirinha), realizamos busca ativa através das agentes comunitárias, via visita domiciliar, contato telefônico, contamos com a ajuda em rede principalmente com a setor de educação onde são nossos aliados e multiplicadores de informações e convocações. Fazemos o monitoramento via sistema e “fichário manual”, as capacitações são realizadas constantemente via Departamento Regional de Saúde, trocas de experiências e reuniões de equipe, a pesquisa nos ajuda a dar um embasamento em como planejar estratégias e executa-la para melhor garantir e atingir a população.

O grande desafio é a desinformação e desinteresse contra a vacina estando diretamente relacionado à propagação de notícias falsas sobre imunização que chegam até a população, sendo assim quanto municípios investimos em informações em redes sociais, em qualificação de profissionais para orientações adequadas, combatendo a propagação de noticias falsas que desestimulam a vacinação em todas faixas etárias, classe sociais e de escolaridade.

Dentro do contexto atingimos adotamos algumas medidas para que a cobertura melhore, com o objetivo de deixar o individuo vacinado em qualquer situação, além dos horários de rotinas temos os horários estendidos em dias da semana estratégicos para abrangi a população trabalhadora, evitamos barreira de acesso, registramos todas as vacinas e atualizamos sistema de acordo com a carteirinha caso necessário, conscientização em redes sociais sobre fakes news, intensificação vacinal através do monitoramento, trabalho em rede e constantes treinamentos.

Por mais que tenhamos um grande desafio de convencer a população da importância da imunização, o trabalho é constantemente analisado e criado estratégias para trazer a população juntamente a sala de vacina, os profissionais envolvidos são de suma importância, para que nos ajude a fornecer informações corretas, esclarecer duvidas e conscientizar pessoas, a equipe fortalecida também faz com que o comprometimento garanta as ações e estratégias extras, educar a população em não voltar a doença também tem trazido um grande impacto.

Principal

Alexandra Regina Alegre

Coautores

ABRICIA EUGENIA LOPES DE SOUZA SEBASTIAO DE FREITAS NETO

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Atuação intersetorial nos casos suspeitos de TEA na primeira infância, um relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba
Práticas
As PICS como ferramenta potencializadora no cuidado a saúde do trabalhador
Paraíba