Olá,

Visitante

Grupo de atenção às gestantes do município de Novo Santo Antônio (MT)

O Município de Novo Santo Antônio (MT), localizado a 930 km da capital do estado, possui uma população de 2.574 habitantes (IBGE 2018). Desta, 67,13% % vivem na zona urbana e 32,87%, na zona rural. A Secretaria Municipal de Saúde possui apenas uma equipe de Estratégia Saúde da Família, que fica em funcionamento por 24 horas, os sete dias da semana. A atenção à saúde das gestantes do município por muitos anos ocorria de forma pouco organizada com atendimentos de rotina e reuniões em grupo de forma aleatória durante a gestação e puerpério, impossibilitando o acompanhamento das mesmas de forma qualificada. como consequência possuía uma prevalência no número de óbitos fetais e neonatais, associados à morbidades maternas passiveis de prevenção durante o período gestacional e puerperal. Nesse sentido nos últimos anos foram intensificadas ações de educação em saúde destinadas a este público alvo, de forma organizada, pontuada no fortalecimento do vinculo entre equipe, gestantes e puérperas

Através de encontros mensais foi proposto melhorar a qualidade de saúde das gestantes, puérperas e recém-nascidos, capacita-las a desenvolverem ações de auto- cuidado durante a gestação, pré-natal, trabalho de parto, nascimento, puerpério, amamentação o projeto foi implementado através de reuniões mensais de grupo com as gestantes e equipe multidisciplinar. Após a confirmação da gravidez e na realização da primeira consulta de pré natal a gestante era informada do projeto e do cronograma das reuniões de grupo através da apresentação e entrega do cronograma impresso. Neste momento era explicado sobre a importância de sua participação no projeto, e dos objetivos do programa. como forma de incentivo a participação das mesmas eram realizados dinâmicas, alongamentos em todas as seções, demonstração de técnicas de cuidados relativas ás mamas, dos cuidados com o Recém Nascido, sorteio de brindes e cofee break.

Ao final do projeto, foi possíveis observar que 92,30 % das gestantes cadastradas realizaram sete e mais consultas de pré-natal (SINASC, 2018). De 26 nascimentos no ano de 2018, 13 foram amamentados exclusivamente com leite materno até o sexto mês de vida. Quanto a cobertura vacinal 100% dos nascidos vivos receberam vacinação preconizada pelo Calendário Nacional de Vacinação em tempo oportuno. Redução do número de morbidades durante a gestação como Doença Hipertensiva Específica da Gravidez (DHEG) e Diabetes Gestacional, inexistência de mortalidade materna e ausência de casos de óbitos fetal e neonatal no ano 2018.Ao finalizarmos o projeto podemos pontuar que as ações propostas ao grupo foram realizadas de forma satisfatória, com assiduidade pela equipe e com o implementação do cronograma proposto. A maior dificuldade enfrentada pela equipe foi a participação em massa de todas as gestantes cadastradas em todos os encontros e que com a continuidade das ações no ano 2019 esse será o desafio da equipe.

Principal

Iza Karolyne Silva De Assis

karol.enf@hotmail.com

Coautores

Deborah Aparecida Ribeiro, Zelma Silveira Lima, Dayanne Rodrigues De Melo, Rogerio Alves Vieira, Thainá Oliveira Mondini

A prática foi aplicada em

Mato Grosso

Centro-Oeste

Esta prática está vinculada a

Secretaria Municipal de Saúde de Novo Santo Antônio

Rua Paulo Tolentino De Castro, Novo Santo Antônio, MT, 78674-000

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Diolaine Costa Alves

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

21 jun 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos