Olá,

Visitante

Fortalecimento da Estratégia de Imunização no Município de Claraval

Categoria não especificada

A imunização se revela fundamental nos dias atuais, apontando como prevenir doenças imunopreviníveis que há muito tempo se mostraram erradicadas. Neste contexto é necessário criarmos estratégias, para que haja o fortalecimento e a melhora da comunicação entre profissionais e usuários e pensando em ações de estreitamento de laços e melhora da confiança para que tenhamos resultados mais efetivos e significativos. Desta forma, o presente tem como objetivo apresentar a experiência exitosa da campanha de imunização no município de Claraval em agosto/2022.

As ações de imunização com os seus problemas e desafios tendem a ter melhoras nas coberturas, principalmente quando trabalha capacitando mais profissionais na sala de vacina, onde o quadro de funcionários é insuficiente, incapaz até mesmo de cobrir faltas ou atestados do profissional vacinador, por isso a importância de conscientização entre os profissionais de saúde para a valorização destes e o olhar do cuidado que estas vacinas têm com a população (como forma de incentivo e validação). Além disso, mostrando como a comunicação de toda a equipe, vigilância em saúde e atenção primária, irá auxiliar no aumento da cobertura, de maneira que as equipes estarão trabalhando de maneira integrada e co-responsabilizando todos pelas metas da vacinação, contribuindo ainda mais quando as equipes são capacitadas e tem discernimento e pensamento crítico para as orientações junto com a comunidade, gerando segurança, eliminando Fake News e modificando o resultado esperado.

A estratégia estabelecida para aumento da cobertura utilizada pelo município foi através do trenzinho da alegria, onde as crianças e adolescentes, após terem seu cartão de vacina conferidos pela sala de vacina, receberam a ticket/passe para o passeio que era realizado pela cidade, com personagens infantis e inclusive com participação do Zé Gotinha. Em ação realizada, tivemos participação significativa, durante o evento, conseguindo realizar 157 cartões atualizados, abrangendo todas as faixas etárias, com predomínio de crianças e adolescentes e 246 cartões de vacina foram verificados. A campanha foi realizada em parceria com a educação, com visita do Zé Gotinha em ambiente escolar, em ação conjunta com os ACS e ACE buscando sensibilizar as crianças e criar responsabilidade vacinal em crianças e adolescentes, além da divulgação através de mídias sociais e carro de som. Após a vacinação, todos os cartões foram transcritos para o sistema digital gerando uma base de dados e cartões espelhos atualizados e digitais. O cartão digital inserido no sistema possibilita acesso do usuário ao ConecteSUS.

A partir do trabalho descrito, levando em consideração o elevado quantitativo de participação na campanha de vacina ocorrida em agosto/2022, ainda na época da COVID-19, fez-se necessário repensarmos em estratégias que sejam adequadas e por vezes incentivadoras à vacinação e com ações que despertem interesse nas crianças bem como levem até mesmo seus pais até os locais de vacinação, indo ao encontro de resultados do ImunizaSUS, que relatam falhas na comunicação não efetiva com os usuários do serviço, para aumento da cobertura e efetiva vacinação e prevenção das doenças.

Principal

ANA FLAVIA LOURENCO TOMAZINI

Coautores

Vilma Aparecida Ribeiro

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.
Paraíba
Práticas
Relato de experiência: humanização na atenção ao usuário no pronto atendimento de Pilar (PB))
Paraíba
Práticas
Implantação de laserterapia na rede de atenção à saúde de Pilar (PB): relato de experiência
Paraíba
Práticas
Paciente protagonista de sua terapia: o cuidado farmacêutico com pacientes atendidos no CAPS de Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Atenção e cuidado ao paciente portador de feridas no SUS em Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Quando a saúde vai além dos muros das UBS
Rio de Janeiro