Olá,

Visitante

Escola de Postura: Prevenção da Lombalgia, Através da Motivação da Prática Corporal, Contribuindo para a Melhoria da Qualidade de Vida dos Usuários de Irecê, Bahia.

ObjetivosDesenvolver ações de prevenção e promoção e educação em saúde, sobre as formas da saúde coletiva, no âmbito da fisioterapia preventiva para as lombalgias crônicas. Conscientizar os usuários da importância de se adotar uma boa postura.MetodologiaAs Atividades desenvolvidas de prevenção, promoção e educação de saúde envolvem palestras, alongamentos e fortalecimento muscular em práticas realizadas em grupo. Os usuários são identificados no tratamento ambulatorial, com diagnóstico de lombalgia, sendo convidados a participarem de um grupo da Escola de postura, no anexo da Unidade de Fisioterapia de Irecê, acompanhado pelo fisioterapeuta do serviço. Atualmente, contamos com 05 grupos, acolhendo 25 usuários cada, de diferentes faixas etárias e de ambos os sexos, durante uma hora, semanalmente. Para a realização das ações são utilizados materiais tais como: bastões, colchonetes bolas, elásticos e de multimídia (datashow e caixa de som).

Segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS, a dor lombar atinge mais de 80% da população mundial. No município de Irecê, Bahia, esta realidade não é diferente, gerando uma demanda bastante representativa na busca pelo serviço fisioterapêutico ambulatorial. Neste sentido, os fisioterapeutas, da Unidade de Fisioterapia do município, desenvolvem desde 2017, a Escola de Postura, serviço voltado para os usuários encaminhados após alta do tratamento fisioterapêutico ambulatorial. Para a inclusão, o diagnóstico é a lombalgia crônica, as quais levam a uma recidiva do quadro contribuindo para o retorno para a fisioterapia, aumentando a procura pelo serviço. Foi criado com a finalidade de reduzir a demanda reprimida da fisioterapia ambulatorial, uma vez que, desenvolve a consciência corporal do paciente, mantendo-o bem informado e sensibilizado quanto à prevenção da reincidência das algias vertebrais, buscando melhorar a qualidade de vida, devolvendo o bem estar ao usuário.

A participação na Escola de Postura busca melhorar a postura e a consciência corporal, tonificar a musculatura e recondicionar a respiração, além de promover a socialização nos encontros. Conclui-se que com a integridade da coluna vertebral, os intervalos entre as crises álgicas aumentam, reduzindo o uso de medicação e a busca de serviços médicos e de fisioterapia, além de promover um retorno significativo para a saúde da população, bem como a qualidade de vida dos usuários.

Principal

Sormana Torres Fernandes Loula

A prática foi aplicada em

Bahia

Nordeste

Instituição

Irecê

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus/Fiocruz, Conasems

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

22 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Consciência Vacinal: fortalecendo as estratégias e combatendo a desinformação para o cumprimento do calendário de vacinação de crianças no município de São Francisco-PB.
Paraíba
Práticas
Dengue: uma abordagem além do combate ao vetor nos centros de educação infantil
Rio de Janeiro
Práticas
Imunização na Zona Rural, em áreas de difícil acesso: Projeto Vacina Volante
Maranhão
Práticas
A importância da equipe multidisciplinar no tratamento e no cotidiano dos pacientes com Fibromialgia de Itatiaia-RJ
Rio de Janeiro
Práticas
Projeto “Saúde Aqui: Relato de Experiência”
Tocantins
Práticas
Projeto Viva Mais, Práticas de Exercícios Físicos e Orientações Nutricionais com Princípios Funcionais, para A Melhoria de Qualidade de Vida no Município de Ourém-Pa
Pará
Práticas
Combatente municipal – escola e comunidade livres do Aedes Aegypti
Amazonas
Práticas
Promoção de Saúde dos Caminhoneiros e Caminhoneiras no Ponto de Parada e Descanso do Município do Rio de Janeiro
Rio de Janeiro