Olá,

Visitante

Educação popular em saúde: construção de espaços integrais e participativos no município de Reriutaba (CE)

Para implementação participaram a coordenação de Atenção Primária, equipe multidisciplinar das nove Unidades Básicas de Saúde (UBS), Núcleo de Apoio à Saúde da Familia, Residência Multiprofissional em Saúde da Família, Centro de Fisioterapia e Hospital local. Participaram aproximadamente 1000 usuários e trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS) nas diversas ações. Foram desenvolvidas atividades voltadas para o Dia Mundial da Atividade Física e Dia Mundial da Saúde. Foram implementadas práticas de atividades físicas nas escolas públicas, apresentações esportivas e circuito de dança com talentos da cultura local, assim como rodas de conversa sobre diabetes tema escolhido em comemoração ao dia Mundial da Saúde, orientação sobre alimentação saudável nas salas de espera das UBS, realização de competição de futsal com trabalhadores da saúde e comunidade, hidroginástica para grupo de idosos. Exposição da “Tenda da Saúde”, nas praças de territórios de vulnerabilidade social e de saúde, com aferição de pressão, teste de glicemia, diálogo sobre direito e deveres dos usuários do SUS, diabetes e Aedes aegypti para comunidade. Também foi realizada a I Mostra de Saúde do Município, usamos a metodologia da educação popular, definida como um modo de participação para a organização de um trabalho político que abra caminho para a conquista da liberdade e de direitos. As equipes das UBS, Centro de Fisioterapia, NASF, Residentes e Hospital expuseram nas tendas populares a cultura local dos territórios de saúde, processos de trabalho, varais de fotos, sala de situação, cartinhas, cartazes, vídeos, músicas, artesanato local, comidas típicas, frutos e vegetais nativos, com acolhimento de música da cultura popular, danças circulares, pintura e teatro de bonecos.

A experiência tem como objetivo descrever as práticas de educação popular em saúde desenvolvidas pelo município de Reriutaba/CE, junto as redes de atenção à saúde e comunidade nos espaços públicos, com foco na promoção da saúde, realidades e cultura local. As ações foram realizadas em abril de 2016, com o envolvimento da gestão, assistência e comunidade.

Porém, observa-se ainda muitas dificuldades, do discurso para a prática, da norma para a real efetivação das ações há um longo caminho, tendo como resultado a reprodução de práticas assistencialistas, compartimentalizadas e medicalizantes nas redes de atenção. Portanto, ao atuarem numa população adscrita, os profissionais têm a responsabilidade sanitária sobre os indivíduos e a coletividade, com a atribuição de fomentar a participação popular, o controle social e o reconhecimento da saúde como direito de cidadania.

Principal

Gislanny Rodrigues Oliveira

theoucunha@gmail.com

A prática foi aplicada em

Reriutaba

Ceará

Nordeste

Esta prática está vinculada a

Rua Dr. Osvaldo Honório Lemos, 176

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Gislanny Rodrigues Oliveira

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

03 fev 2020

e atualizada em

12 maio 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos