Olá,

Visitante

E-SUS Ab em Borba: Acesso Universalizado.

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA: Em uma realidade como a do Estado do Amazonas, principalmente na questão de informatização de sistemas e da integração dos mesmos, por toda a questão do fator amazônico, pensar nos municípios, como por exemplo, o de Borba, que são verdadeiras ilhas, densidade demográfica alta, a deficiência do serviço de internet, que constitui um desafio que se agiganta a cada etapa do processo de melhoria e qualidade da informação, a ferramenta e-SUS AB vem fortalecer e motivar os profissionais de que é uma mudança possível, mesmo com todas as questões árduas relacionadas acima, pois toda essa transição oportuniza garantia de direitos e eficiência no processo de trabalho. O objetivo deste relato de experiência é descrever o processo de implantação do e-SUS AB, como está estruturado na Rede de atendimento, sua implementação e os principais desafios. DINÂMICA E ESTRATÉGIAS DOS PROCEDIMENTOS USADOS: A gestão assumiu o desafio de sensibilizar o gestor municipal e demonstrar o ganho tanto para o município como para os munícipes. Foi realizada então a aquisição de materiais de informática, hardwares, bem como pontos de internet, para que o e-SUS AB fosse implantado não somente nas UBS da área urbana, como também nas duas UBS Ribeirinhas (que distam da sede do município, isso dependendo da potência do motor, uma a duas horas e outra a três horas) e também na UBS Fluvial Igaraçu. Foram realizadas oficinas e treinamentos com todas as equipes e todos os profissionais para entender o novo sistema de informação e como se daria esse processo de mudança radical no atender os clientes. Foram utilizados também os tutoriais que o Portal do DAB oferece para que sempre fosse um meio de elucidar questões quanto ao uso do sistema. Equipe capacitada, treinada e sensibilizada, partiu-se para uma etapa não tão difícil que foi esclarecer a população que os mesmos seriam atendidos com uma nova proposta de organização de informações. Fato esse que se deu através da educação em saúde nas salas de espera, junto aos Conselhos de Saúde e demais canais de comunicação.INDICADORES/VARIÁVEIS/COLETA DE DADOS: Foi realizado o cadastro das famílias (individual e coletivo), emitido Cartão Nacional de Saúde, uma força tarefa. Na zona rural e Igaraçu, o sistema funciona off line, em uma rede com o computador central que permite o compartilhamento de informações. Os impressos do e-SUS são muito utilizados, principalmente pela zona rural. Esse processo se dá desde 2013, os profissionais médico, enfermeiros e dentistas tem notebooks nos consultórios, os ACS possuem tablets. A cobertura atinge mais de 50% de cadastro no sistema. Todas as seis equipes da zona urbana, duas ribeirinhas e fluvial estão com 100% de implantação do sistema e implementação dos mesmos.OBSERVAÇÕES/AVALIAÇÃO/MONITORAMENTO:A avaliação dos dados se dá pela Coordenação da Atenção Básica através do SISAB e o feedback dos dados é feito para as equipes mensalmente, de manei

Segundo Brasil (2011), o e-SUS Atenção Básica (e-SUS AB)é uma estratégia do Departamento de Atenção Básica para reestruturar as informações da Atenção Básica em nível nacional, objetivando com isso que os Sistemas de Informação alcancem a qualificação tanto da informação quanto do atendimento do cidadão. Sabendo que a informação é uma ferramenta que proporciona direcionalidade de tomada de decisões, melhor aplicabilidade de recursos, precisão de diagnóstico, o município de Borba participa deste processo de inovação e de fortalecimento da interação entre os sistemas de maneira que os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS).

O principal ganho com a inovação é sensibilizar todos os atores envolvidos que não se trata de mais um trabalho e sim, de mais uma estratégia de promoção, prevenção e recuperação da saúde da comunidade, que é a política que está proposta na Atenção Básica. O fazer saúde é um caminho que não tem finitude, precisa de complementos, aperfeiçoamentos. Não se pode conceber que neste mundo globalizado, as políticas públicas em saúde estejam fora de uma realidade informatizada. Assim sendo o e-SUS AB concretiza o sonho de um prontuário eletrônico, onde o acesso seja realmente o preconizado pelo SUS: UNIVERSALIZADO.

Principal

Ana Ermelinda Oliveira da Silva

semsahumaita@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Borba

Amazonas

Norte

Instituição

Av. Cônego Bento, 60

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ana Ermelinda Oliveira da Silva

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

11 nov 2022

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Incluir e apreender: parceria entre saúde e educação no acompanhamento multidisciplinar de escolares com necessidades especiais
Paraíba
Práticas
A educação permanente dos profissionais de enfermagem como estratégia no enfrentamento à dengue
Paraíba
Práticas
Oficina de atualizacao dos cadastros para melhoria da cobertura vacinal em Junco do Serido-PB
Paraíba
Práticas
Educação em gênero no SUS e a proteção integral à mulher em situação de violência na atenção primária
Paraíba
Práticas
Era uma vez, apresentando uma história de cuidado e amor – a importância da educação vacinal desde o berço
Paraíba
Práticas
Estratégia de comunicação pública voltada à saúde no ambiente digital em Campina Grande
Paraíba