Olá,

Visitante

Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)

Com uma população de 6.451 pessoas, segundo censo do IBGE – 2022, localizada a 347,9 km da capital, João Pessoa, Condado possui uma área de unidade territorial de 265,473 km² , com densidade demográfica de 24,30 habitantes por quilômetros quadrado (km²) e sua área urbanizada é de 1,6 km².
Com isso a secretaria municipal de saúde, percebeu a necessidade de um olhar diferenciado e uma assistência mais voltada para as comunidades rurais. Segundo o site do E-gestorab, o município possui 100% de área coberta pela APS – Atenção Primária a Saúde, possui três Unidades Básicas de Saúde – UBS com financiamento pelo Ministério da Saúde – MS, uma Unidade Básica de Saúde Âncora localizada em uma comunidade rural e 18 Agentes Comunitários de Saúde – ACS que atuam em zona urbana e rural.
De acordo com o relatório de terceiro quadrimestre de 2023, o município de Condado, possui uma média de 7.780 pessoas cadastradas no SISAB – Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica e é classificada como Rural Adjacente.
Diante dessas informações que convergem com a realidade do município de Condado, principalmente devido a sua vasta área territorial e seu grande número de populações residentes em comunidades rurais, foi desenvolvido, juntamente com as secretarias municipais de educação, assistencial social e participação da secretaria de Agricultura, uma forma de levar os serviços de saúde e das demais serviços para melhoria do acesso àquelas comunidades rurais.
Objetivo Geral

Colaborar para alcançar os princípios da equidade e universalidade, ao favorecer as comunidades rurais com menor acesso as ações e serviços de saúde e de mais secretarias.

Objetivos Específicos

Realizar a integração de ações intersetoriais e multiprofissionais de promoção a saúde, prevenção de doenças e recuperação de agravos;
Ofertar serviços médico, de enfermagem, odontológicos, vacinação, realização de citopatológicos, testagem rápida para Sífilis, Hepatites e HIV, educação em saúde além de inserir serviços da secretaria de assistência social e agricultura;
Realizar atendimento clínico-ambulatorial, através de consultas médicas e de enfermagem, assim como o agendamento de exames laboratoriais e de consultas especializadas;
Executar atividades recreativas recreativas e educativas, com linguagem acessível nas comunidades.
De acordo com a realidade do município de Condado, em reuniões com as equipes de Estratégia de Saúde da Família – eSF, traçou-se um perfil epidemiológico das comunidades rurais e foram elencadas por prioridade e maior necessidade de oferta de cuidados e serviços.
Em um segundo momento, houve uma reunião com as demais secretarias municipais, de assistência social, de educação e agricultura, para que cada uma pudesse levar seus serviços para ofertar in loco naquelas comunidades rurais. A princípio, os prédios das escolas municipais rurais, estão sendo utilizados como apoio para a realização das ações, porém nas comunidades rurais que não possuem prédios escolares, pessoas da própria comunidade estão oferecendo suas residências para que possamos usar como apoio para a realização dessas ações, que são tão importantes para essas populações.
A secretaria de Assistência Social levou sua equipe responsável pelo Bolsa Família para a realização de consultas, cadastros e orientações a respeito do programa, além de realizar a confecção e entrega na hora, de carteirinhas do Idoso, para aqueles que tivesse interesse. As Secretarias de Agricultura e Chefia de gabinete se disponibilizaram para receber as demandas e fazer os devidos encaminhamentos, de acordo com a disponibilidade, além de repassarem informações pertinentes.
A comunicação foi feita através da Técnica em Agente Comunitária de Saúde – TACS, que passou nas suas visitas casa a casa convidando a comunidade, listando os serviços ofertados e passando as informações para as mulheres que gostariam de realizar seus exames citopatológicos.
Para chamar mais atenção das crianças, foi disponibilizado Pula-pula e carrinho de sorvete.

Diante da vasta área rural no município de Condado e do difícil acesso das comunidades rurais aos serviços ofertados na cidade, observou-se a necessidade de ofertar esses serviços principalmente nas comunidades de acessos mais remotos.
Em comparação a população urbana, o cenário da saúde das populações rurais possui maior suscetibilidade, com uma maior quantidade de doenças intestinais, diarreicas e de disseminação hídrica devido a baixa cobertura de saneamento básico e consumo de água sem tratamento ou acondicionados em de forma insalubre. A população das comunidades rurais classificam sua saúde inferior, quando relacionada à população urbana. Isso pode estar relacionado a uma menor oferta de serviços nas proximidades rurais, exigindo dos usuários gastos financeiros para deslocamentos.

A primeira ação do projeto aconteceu no dia 21 de março do corrente ano, na comunidade rural do Bórges, que foi eleita como a comunidade que mais necessitava dessas ações naquele momento. Houve um importante momento de integração das secretarias municipais. A população foi extremamente participativa e demonstrou muita satisfação com o projeto.
Os resultados da ação em números, referente aos serviços de saúde, foram a administração de 56 imunizantes, sendo 34 idosos e 22 crianças. Todas as crianças passaram por avaliação antropométrica e os adultos passaram pela triagem com aferição de pressão arterial – PA, glicemia – HGT e verificação de temperatura, além de receberem Hipoclorito de sódio e informações de uso correto.
Foram realizados 07 exames citopalógicos, com coleta de material para avaliação e consulta de enfermagem, que foram previamente marcados pela TACS – Técnica em Agente Comunitária de Saúde. A Equipe de Saúde Bucal levou o consultório portátil para a realização de alguns procedimentos após avaliação, foram realizados também atendimentos médicos e visitas domiciliares a pacientes acamados.
Porém o foco principal da ação, foram as atividades educativas realizadas por todos os membros da equipe, com temas pertinentes para todas as faixas etárias.

Os resultados dessa primeira ação evidenciam que os cuidados a população rural deve ser feito de forma homogênea, além de ressaltar a importância de pontos de apoio nas áreas rurais, com a finalidade de prestar uma melhor assistência e ampliar o acesso das populações aos serviços de saúde e das demais secretarias.
A adesão da comunidade ao projeto é também um importante fator de classificação da ação, a procura da população aos serviços mostra a aprovação ao projeto e com isso, concluímos a importância do princípio da equidade, que é dar mais para quem precisa mais, para que todos tenham o mesmo acesso ao Sistema Único de Saúde – SUS.

Principal

GERSSIHANE FERNANDES LINHARES

geciane.linhares@gmail.com

Secretária Municipal de Saúde

Coautores

Myrelle Caetano Wanderley Bezerra

A prática foi aplicada em

Condado

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

Rua Doutor Ageu de Castro

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Gerssihane Fernandes Linhares

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

09 maio 2024

e atualizada em

09 maio 2024

Início da Execução

21/03/2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba
Práticas
Estratégias de imunização em município do interior da Paraíba resulta em 1º lugar no estado durante campanha de influenza 2024 : relato de experiência
Paraíba