Olá,

Visitante

Avança Saúde Natércia: Estratégia de Melhoramento da Imunização Infantil

Categoria não especificada

O Programa Municipal Avança Saúde, tem a finalidade de trabalhar as dimensões da atenção primária à saúde para a assistência à população, com vistas no planejamento, organização e execução dos serviços e ações em saúde. Definiu-se o processo de trabalho nos eixos de desenvolvimento profissional, promoção de saúde, prevenção de saúde, gestão clínica e gestão de serviços. Nessa perspectiva na linha de cuidado da Saúde da Criança, foi desenvolvidos aperfeiçoamento nas ações e serviços de vacinação, puericultura, triagem neonatal, nutrição Infantil, violência Infantil e doença emergente infantis. O inicio do programa deu-se ênfase na imunização infantil, com diversas articulações multidisciplinar e intersetoriais, em educação permanente a todos profissionais da rede de atenção à saúde municipal, educação popular por meio de campanhas publicitárias, palestras na sala de espera e em visita domiciliares, ampliação do monitoramento das vacinas em dias, com planilha desenvolvida para a equipe de Estratégia Saúde da Família e sala de Vacina, parceria intersetorial com o Conselho Tutelar, Serviço de Assistência Social , Escolas, Secretaria de Esporte, na conscientização e apoio. Com a atividade executadas prática cotidiana, obteve-se uma melhor resposta no monitoramento das vacinas do calendário infantil, ampliação da vacinas na rede pública e redução na taxa de abandono, a exemplo a vacina Pentavalente com cobertura vacinal de 88% no primeiro quadrimestre de 2022 saltou para 100% no terceiro quadrimestre.

Observou-se no município em relação a vacinação infantil, o desconhecimento de muitos sobre a oferta dos tipos de vacina gratuita e disponível. O horário limitado ao expediente era uma fragilidade. A hesitação vacinal vem crescendo no cotidiano. E também uma taxa de abandono alto devido reações nas primeiras doses da vacina. Apontado esse problemas, foi possível estabelecer uma sequência de atividade a fim de promover a conscientização e aperfeiçoar as orientações relacionadas à vacina.

Capacitar toda a equipe da rede de atenção à saúde, sobre a imunização; Planejar ações de monitoramento da vacinação, como busca-ativa nos domicílios pelos agentes comunitário de saúde, nas unidades de saúde no acolhimento e consultas; Conscientização por meio de publicações, vídeos, palestras, participação em reuniões de pais nas escolas, orientação em sala de espera, orientação no pré-natal e na assistência puerperal; Demonstrar resultados positivos relacionados a capacidade da imunização; Ampliar horário de serviço nas unidades para atingir maior número de público; Estreitar parcerias com outros setores para apoio na vacinação.

A pesquisa do ImunizaSUS reflete temas importantes que deve ser discutido na gestão de saúde pública, que corresponde as realidades locais do município, no território da experiência, entendeu-se essa necessidade de trabalhar sobre a imunização com toda a rede de atenção à saúde, apesar de que não enfrentamos problemas sérios, como grande recusa à vacinação por grupos sociais. Mas diante a uma pós-pandemia, com um movimento de desinformação, através da fake-news, entendeu-se a priorização em se executar ações de conscientização a fim de prevenir situações na localidades, estabelecendo diálogos intersetoriais, para estreitar comunicação efetiva, e também estratégias fortalecedoras entre a rede de apoio à criança. Na rede de atenção à saúde é importante que a equipe tenha uma fala direcionada positiva à vacinação, por isso uma necessário de instrumentalizar dando suporte através de capacitação, material instrutivo, estratégia de monitoramento. Diante dessas ações ampliadas com apoio multidisciplinar e intersetorial, os resultados tendem ser positivos e estabelece uma rede de apoio ao cuidados das crianças.

Principal

Geovani Cleyson dos Santos

Coautores

GILLIANNE CAROLINE DOS REIS, VYVIAN AMBROSINO

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Estratégias de enfrentamento às alergias alimentares e condições especiais de nutrição
Paraíba
Práticas
Adesão às consultas de puericultura: uma intervenção na estratégia de saúde em Esperança – PB
Paraíba
Práticas
O Alcance dos indicadores da imunizaçâo do programa de qualificaçâo das ações de vigilância em saúde
Paraíba
Práticas
Auriculoterapia uma práticas integrativas: como alternativa complementar no tratamento da ansiedade
Paraíba
Práticas
Descentralização do cuidado: levando as práticas de atividade física a população da zona rural
Paraíba
Práticas
Reterritorialização: desafios e avanços no município de Campina Grande-PB
Paraíba
Práticas
Projeto Coração Forte: realização de exames de holter 24h (eletrocardiograma dinâmico), medição ambulatorial da pressão arterial em 24 (mapa 24h), eletrocardiograma de esforço (teste ergométrico), eletrocardiograma de repouso e ecocardiograma transtorácico no município de Belém do Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba.
Paraíba