Olá,

Visitante

Assistência Farmacêutica no Sus: Assistir para Garantir

A Assistência Farmacêutica no SUS vem se consolidando desde a criação das Políticas Nacionais de Assistência Farmacêutica e de Medicamentos, afim de se obter melhores resultados no acesso, na racionalização dos recursos e no uso dos medicamentos. A maioria das intervenções em saúde envolvem o uso de medicamentos além de que muitas são resultado de seu mal uso e/ou de seus efeitos adversos, sendo esta prática determinante para obtenção de menor ou maior resultado, tornando a Assistência Farmacêutica objeto de foco integral na Gestão Municipal. A Assistência Farmacêutica é um desafio constante no cotidiano dos gestores municipais em vista da escassez de recurso, falta de gerenciamento e de organização dos serviços da AF. Com a finalidade de contribuir para a melhoria das práticas dos serviços, dos processos de trabalho entre outros, o COSEMS-BA disponibiliza aos Secretários Municipais de Saúde e Responsáveis pela Assistência Farmacêutica Municipal o serviço de assessoria técnica em AF.

Fornecer aos gestores municipais através de seus coordenadores e/ou diretores de assistência farmacêutica bem como os apoiadores institucionais do COSEMS-BA, apoio técnico para o desenvolvimento racional, integral e a institucionalização da assistênc “A metodologia utilizada inicialmente foi a criação imediata de 9 grupos de WhatsApp conforme as macrorregionais da Bahia, que, com a ajuda dos apoiadores institucionais e dos secretários municipais de saúde, foram adicionados os responsáveis técnicos pela Assistência Farmacêutica dos Municípios da Bahia, em junho de 2018. o trabalho de assessoria é desenvolvido, além da ferramenta de WhatsApp, por meio de e-mail, redes sociais, ligações telefônicas, hangout, de forma presencial em reuniões de Grupos Técnicos (GT), reuniões ampliadas com presença dos Secretários Municipais de Saúde, Fóruns, Congressos e outros.

Os frutos deste trabalho já estão sendo colhidos com êxito, como o Levantamento da REMUME, desenvolvido pela rede colaborativa, um projeto diagnóstico dos medicamentos adquiridos pela AF Municipal na Atenção Básica, com intuito de verificar as dificuldades enfrentadas no âmbito municipal e atualização do CBAF . Podemos citar ainda o Curso de Gestão de Cuidado Farmacêutico na Atenção Básica, a habilitação de 49 municípios no Qualifar –SUS em 2018, a assessoria á municípios notificados pelo Qualifar-SUS que voltaram a receber recurso, a interlocução com SESAB, o apoio na implementação do sistema Hórus e outros. A partir desta assessoria os farmacêuticos passam a ter acesso a informações em tempo real de resoluções, normativas, leis, publicaçPrecisamos integrar a Assistência Farmacêutica e seus trabalhadores na equipe de saúde oferecendo suporte técnico- científico e de gestão para o aprimoramento dos serviços e correta utilização dos recurso disponíveis que estão cada vez mais escassos. A assessoria farmacêutica é mais uma ferramenta para auxiliar o gestor municipal e sua equipe na prática de políticas públicas de saúde em conformidade com as leis do SUS.

Principal

Renata Mundim Ferreira Martins

assessoriaaf.cosemsba@gmail.com

A prática foi aplicada em

Salvador

Bahia

Nordeste

Instituição

Rua Dr Antonio Calmon, 91, Itaparica

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Stela Dos Santos Souza

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
A Horticultura Como Recurso de Reabilitação Psicossocial dos Pacientes do Capsad de Ponta Grossa
Rio Grande do Sul
Práticas
Vigilância da Febre Amarela: Monotoramento Rápido da Cobertura Vacinal Contra Febre no Município de Rio Claro-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Vigilância das Síndromes Febris Agudas
Práticas
A Redução da Mortalidade Infantil no Município de Guarujá-Sp
São Paulo
Práticas
Promovendo e Fazendo a Saúde do Homem no Território
Tocantins
Práticas
Elaboração Coletiva de Um Guia Prático de Diluição de Medicamento Intravenoso Adulto
Rio de Janeiro
Práticas
Experiências no Enfrentamento da Febre Amarela no Município de Valença em 2018, os Desafios Ante Principais Peculiaridades do Município, Problemas e Desafios da Gestão Local de Saúde
Rio de Janeiro
Práticas
“Implementação do Programa Seja Bem Vindo – Visita Aberta no Hospital de Pronto Socorro Canoas”
Rio Grande do Sul
Práticas
Ressignificação do processo de adolescer
Minas Gerais