Olá,

Visitante

Acolhida Formativa de Agentes Comunitários de Saúde, Agentes de Endemias e Agentes de Postos de Saúde: Caminhos Que Curam.

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA: – Ofertar, no âmbito de atuação dos Agentes Comunitários de Saúde, Agentes de Controle de Endemias e Agentes de Postos, a construção do programa de formação continuada, tendo como base o processo de elaboração, sistematização, execução e avaliação constante de projetos de intervenção nos territórios de cada unidade de saúde

Com o objetivo de organizar os serviços de atenção básica, pactuando e fortalecendo o comprometimento dos profissionais, que desempenham a promoção do cuidado, interligando elos, por ora rompidos, foi organizado o acolhimento dos profissionais ACS, ACE e Agentes de Postos na nova proposta de trabalho que a atual gestão oferece a estes profissionais. Viu-se a necessidade de organizar um encontro para apresentação das equipes de gestão, organização de fluxos, orientações sobre processos de trabalhos voltados a estas categorias e esclarecimentos quanto a formação profissional e processo de educação permanente, entendendo a lógica das metodologias ativas e o protagonismo dos agentes na construção de conteúdos de formação que atendam suas reais necessidades dentro dos territórios. Além disso, entendendo a necessidade de fortalecer nossos laços de vinculo e comprometimento frente a um cenário distorcido da atenção básica e vigilância em saúde, no atendimento a coletividade é que pretendemos ao longo de nosso planejamento estruturar um processo de formação continuada, onde estes profissionais discutam e reavaliem suas próprias práticas laborais

O atual projeto resgatou o vínculo dos profissionais da atenção básica com a gestão de saúde, empoderando estes profissionais de trocas de práticas e experiências no cuidado em saúde, dentro dos territórios dos municípios, que é multifacetado, diverso e dinâmico e necessita ter um olhar diferenciado com atendimento de suas demandas, que por ora pode ser diverso de uma outra equipe. Como amazônidas, possuímos num mesmo cenário diferentes realidades que se misturam e agora são tratadas de maneira específica. Entendo o processo de educação em saúde como um instrumento tão poderoso, no processo do cuidado que modifique nosso processo de viver e adoecer.

Principal

Maria Lucilene Ribeiro das Chagas, Kellen da Costa Barbosa, Georgette do Socorro Negrão Macedo, Alan Machado de Almeida, Ivone Rodrigues Gomes.

sesmab2010@gmail.com

A prática foi aplicada em

Abaetetuba

Pará

Norte

Instituição

R. Siqueira Mendes

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Maria Lucilene Ribeiro das Chagas, Kellen da Costa Barbosa, Georgette do Socorro Negrão Macedo, Alan Machado de Almeida, Ivone Rodrigues Gomes.

Conta vinculada

emanoel.filho@fiocruz.br

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Guia Prático para o Auxílio das Equipes de Estratégia Saúde Dafamília na Prática das Ações do Programa Saúde na Escolaem Um Município do Litoral Norte do Rio Grande do Sul
Rio Grande do Sul
Práticas
Objeto de Aprendizagem Sobre o Calendário Vacinal de Pessoas Vivendo com Hiv/Aids para Profissionais de Saúde
Rio Grande do Sul
Práticas
Telemedicina: o Telediagnóstico de Espirometria Como Estratégia de Fortalecimento da A.P.S.
Rio de Janeiro