Olá,

Visitante

Oficina de Ervas Medicinais para Mulheres Rurais (Teresópolis)

O curso tem como objetivo empoderar as mulheres no âmbito das relações de trabalho de forma a impulsionar iniciativas que fortaleçam sua autonomia econômica, considerando as questões de gênero e direcionar as mulheres para o setor produtivo, estimulando o investimento em iniciativas de negócios individuais e associações com produtos a partir de Plantas medicinais. Os temas abordados foram:?

O uso de Ervas medicinais pela comunidade com a carência de orientação científica que agregasse o valor cultural ao valor acadêmico de forma a produzir o uso consciente das plantas medicinais da região. Como pano de fundo foi obordada a questão de gênero e empreendorismo fazendo com que as oficinas fossem uma orientação para mulheres vetores no combate à violência doméstica. O Curso foi uma ação pública da Prefeitura de Teresópolis e ministrado na Escola Agrícola de Vendea Nova após concurso público para que fossem oferecidos vários cursos, entre eles o de Ervas Medicinais o qual conquistei a vaga para ministrar e foi uma experiência de troca incrível dado o conhecimento popular que as mulheres traziam sobre as plantas locais.

Esta prática como políticas públicas no combate à violência tem alcance efetivo dado o grande preconceito que faz com que alguns homens dificultem acesso das companheiras à informação para manter a dependência.

Principal

Maria da Paz Ferreira do Nascimento

A prática foi aplicada em

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Maria da Paz Ferreira do Nascimento

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

12 set 2015

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Vivência em atendimento em grupo de portadores de Diabetes Mellitus da Esf Itapuca, Resende, RJ
Rio de Janeiro
Práticas
A descentralização das ações de controle da tuberculose no município de Volta Redonda
Rio de Janeiro
Práticas
O matriciamento de cardiologia e endocrinologia no fortalecimento a atenção à doenças crônicas
Rio de Janeiro
Práticas
A expansão do processo matricial no município de Volta Redonda – uma experiência exitosa
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da equipe multidisciplinar no programa de osteoporose de Penedo – Itatiaia (RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Sensibilização da APS para o cuidado integral da população em situação de rua da cidade de Resende
Rio de Janeiro
Práticas
Coordenação do cuidado, ordenação da rede de atenção à saúde e o e-SUS AB como ferramenta de gestão
Rio de Janeiro